PUBLICIDADE
Logo do

Vasco

Meu time

Na marra! Vasco supera América-RN no RJ e abre boa vantagem

Time carioca não encantou, mas fez 3 a 1 em São Januário e deu grande passe rumo às oitavas de final da Copa do Brasil

15 jul 2015 22h57
| atualizado em 16/7/2015 às 00h31
ver comentários
Publicidade

Um gol chorado, de rebote, no último suspiro do primeiro tempo; outro "achado", de pênalti, pouco depois de levar o empate; e um terceiro mais bonito, mas ainda assim depois de rebatida errada da zaga. Foi desta forma, sem encantar, que o Vasco conquistou uma importante vitória no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o time cruzmaltino recebeu o América-RN, em São Januário, e saiu na frente no confronto que vale vaga às oitavas de final do torneio nacional: venceu por 3 a 1 e abrandou momentaneamente a crise na temporada. Confira como foi a partida em detalhes aqui.

A vitória, primeira depois de três derrotas consecutivas, permite ao Vasco perder por até um gol de diferença no jogo da volta, na próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), na Arena das Dunas. Se balançar as redes, o time cruzmaltino obrigará os potiguares a fazerem no mínimo três para ter chances de vaga. O vencedor deste confronto disputará as oitavas de final da Copa do Brasil, que contará com as equipes que jogaram a Libertadores e mais o Fluminense, sexto colocado do último Campeonato Brasileiro. Os duelos serão definidos via sorteio.

Vasco deu grande passe rumo às oitavas de final da Copa do Brasil 2015
Vasco deu grande passe rumo às oitavas de final da Copa do Brasil 2015
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br / Divulgação

Mesmo atuando fora de casa e pertencendo à Série C do Campeonato Brasileiro, o América-RN não foi presa fácil para o Vasco nesta quarta-feira. O time potiguar começou a partida muito bem e até flertou com a abertura do placar em São Januário. A equipe carioca só conseguiu se encontrar em campo depois dos 20min. Coube a Herrera balançar as redes no último lance da primeira etapa, de cabeça. Foi o primeiro gol do argentino com a camisa cruzmaltina.

A desvantagem no placar incendiou os potiguares, que passaram a pressionar a saída de bola vascaína logo depois do intervalo. Resultado? Empate. O gol do América-RN foi anotado por Reis, após falha bisonha de Aislan. Mas a tristeza carioca durou pouco tempo. Os visitantes mal conseguiram segurar a igualdade no placar e logo sofreram o segundo, marcado por Anderson Salles, de pênalti. No fim, o Vasco se soltou e até conseguiu ampliar o marcador, com Emanuel Biancucchi. Vaga às oitavas muito bem encaminhada!

Sem Dagoberto na volta!

Dagoberto foi um dos principais jogadores do Vasco no confronto desta noite. O experiente atacante lutou, movimentou-se bastante e infernizou a defesa do América-RN. Mas foi expulso de maneira infantil no fim do jogo. Dagoberto cometeu falta no campo de ataque sobre Lucas aos 35min da etapa complementar, recebeu o segundo cartão amarelo e foi mandado ao vestiário mais cedo. Assim, desfalcará o Vasco na próxima quarta-feira, em Natal. A vantagem por dois gols de diferença é confortável, mas certamente o torcedor cruzmaltino não queria ter ganhado esta baixa inesperada.

Dagoberto jogou bem, mas foi expulso no fim do jogo desta quarta-feira
Dagoberto jogou bem, mas foi expulso no fim do jogo desta quarta-feira
Foto: Marcello Dias / Futura Press

De 101 a 111?

Quem assistiu à partida desta quarta-feira, em São Januário, pode ter se assustado. Em vez de vestirem os tradicionais uniformes de 1 a 11, os jogadores titulares do América-RN trajaram camisas com números de 101 a 111. O motivo? O clube potiguar completou 100 anos de história na última terça. O centenário, então, foi homenageado nas vestimentas. O goleiro Bussatto, por exemplo, vestiu a 101. A 110? Ficou com o jogador mais criativo do time, Cascata. A curiosidade? Quando os atletas eram substituídos, a placa do quarto árbitro mostrava apenas os dois números finais de cada um deles. Imagina só se caberiam seis digitos na placa, não é mesmo!?

Titulares do América-RN: camisas de 101 a 111 por causa do centenário do clube
Titulares do América-RN: camisas de 101 a 111 por causa do centenário do clube
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br / Divulgação

Vasco 1 x 0 América-RN - 47min do primeiro tempo - Anderson Salles cobrou tiro de canto, e Riascos cabeceou na trave. Herrera pegou o rebote e completou para as redes.

Vasco 1 x 1 América-RN - 9min do segundo tempo - Reis aproveitou a furada grotesca de Aislan na entrada na área, girou o corpo e bateu na saída de Jordi para empatar.

Vasco 2 x 1 América-RN - 16min do segundo tempo - Flabio Boaventura agarrou Jhon Cley na área, e o árbitro marcou o pênalti. Anderson Salles cobrou firme, no canto esquerdo de Bussatto e balançou as redes.

Vasco 3 x 1 América-RN - 32min do segundo tempo - Christiano cruzou por baixo, e a zaga potiguar afastou parcialmente. Emanuel Biacucchi pegou a sobra, emendou no gol e anotou o terceiro.

FICHA TÉCNICA
VASCO X AMÉRICA-RN

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 15 de julho de 2015 (quarta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP)
Cartão Amarelo: Dagoberto, Christiano (Vasco); Flavio Boaventura, Zé Antonio (América)
Cartão Vermelho: Dagoberto (Vasco)

VASCO: Jordi, Madson, Aislan, Rodrigo e Henrique(Christiano); Anderson Salles, Guiñazu e Emanuel Biancucchi; Herrera (Thalles), Dagoberto e Duvier Riascos (Jhon Cley)
Técnico: Celso Roth

AMÉRICA-RN: Busatto, Lucas, Flávio Boaventura, Cléber e Rafael (Glaucio): Judson, Zé Antonio, Álvaro e Marcelo Maciel (Reis); Cascata e Adriano Pardal (Bruno Farias)
Técnico: Roberto Fernandes

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade