0

Copa: Douglas Costa treina e pode ser opção contra Bélgica

Meia-atacante sofreu lesão na coxa na partida contra a Costa Rica e ficou fora das últimas duas partidas da Seleção Brasileira no Mundial

3 jul 2018
16h11
atualizado às 19h41
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O meia-atacante Douglas Costa está recuperado de uma lesão na coxa que o tirou das últimas duas partidas da seleção brasileira na Copa do Mundo e pode ser uma importante opção para o jogo das quartas de final contra Bélgica.

O jogador voltou a treinar nesta terça-feira, 10 dias após a lesão na coxa sofrida na partida contra a Costa Rica, em que entrou no segundo tempo e deu mais mobilidade ao time na vitória por 2 x 0.

Douglas Costa treina em Sochi
 29/6/2018      REUTERS/Hannah McKay
Douglas Costa treina em Sochi 29/6/2018 REUTERS/Hannah McKay
Foto: Reuters

"O camisa 7 se destacou durante a atividade de finalizações, mostrando movimentação e precisão nos chutes", informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O trabalho do dia foi direcionado aos atletas que ficaram na reserva ou entraram no decorrer do jogo contra o México, pelas oitavas de final.

"Fizemos um trabalho mais leve para quem está voltando e não participou muito da partida, porque quem não joga também sofre emocionalmente e se desgasta com a viagem. Fizemos uma atividade de perde e pressiona em espaço curto, jogo rápido, e terminamos com finalizações após cruzamentos e em batidas de média distância, dando ação para os zagueiros também", explicou Matheus Bachi, auxiliar técnico e filho de Tite.

O lateral-esquerdo Marcelo, que ficou de fora das oitavas com dores nas costas, também deve ficar à disposição na sexta-feira.

Os titulares só treinam na quarta-feira feira e na quinta a seleção viaja para Kazan, local do jogo com os belgas.

Veja também:

Canarinho Pistola 'raiz' invade as ruas de Moscou

Ouça o podcast do Terra especial Copa do Mundo:
 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade