PUBLICIDADE

Érika Miranda chega às semifinais do Mundial de Judô; Chibana eliminado

26 ago 2014 06h12
Publicidade

Medalhista de prata no Rio de Janeiro no ano passado, a brasileira Érika Miranda garantiu nesta terça-feira classificação para as semifinais do Mundial de Judô de Tcheliabinsk, na Rússia, enquanto Charles Chibana, número um do mundo, foi eliminado nas oitavas de final.

Segunda colocada do ranking, a brasiliense de 27 anos disputará uma vaga na decisão da categoria até 52 kg com a romena Andreaa Chituu (N.6). Se vencer, garantirá ao menos a prata.

Algoz de Érika na final da última edição, a atual campeã mundial Majlinda Kelmendi, primeira atleta do Kosovo a conquistar um título de expressão em todos os esportes, encara na outra semifinal a russa Natalia Kuziutina.

A brasileira estreou com vitória por ippon com imobilização sobre Gulbadam Babamuratova, do Turcomenistão, faltando menos de um minuto de luta.

O segundo duelo foi mais parelho. Érika superou a espanhola Laura Gomez com um yuko e chegou a passar sufoco no fim, quando ficou com três punições com pouco mais de um minuto de luta pela frente. Se levasse mais uma, seria eliminada, mas conseguiu manter a vantagem até o fim sem ser sancionada.

Nas quartas, a brasileira conseguiu um ippon espetacular por estrangulamento para eliminar a chinesa Yingnan Ma.

Já Chibana, no estilo ousado que é sua marca registrada, superou na estreia o armênio Davit Ghazaryan por ippon, depois de ter aplicado um wazari no início da luta.

Na segunda luta, contra o sul-coreano Tae-Ho Youn, foi para o golden score, com um yuko para cada lado. Youn acabou sendo eliminado por uma punição por falta de combatividade.

Nas oitavas, o brasileiro encarou um adversário muito complicado, o uzbeque Rishod Sobirov, bicampeão mundial em Tóquio-2010 e Paris-2011 e dono de duas medalhas de bronze olímpicas, em Pequim-2008 e Londres-2012.

A luta foi muito parelha, com três punições de cada lado, mas Chibana acabou sofrendo o ippon faltando 30 segundos para o fim da luta.

O judô brasileiro espera conquistar com Érika sua primeira medalha neste Mundial, depois do fracasso do primeiro dia, que viu a atual campeã olímpica Sarah Menezes eliminada na estreia, assim como Felipe Kitadai, bronze nos Jogos de Londres-2012. Eric Takabatake caiu nas oitavas de final.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
Publicidade