3 eventos ao vivo

Pepe admite que portugueses torceram para não pegar França na repescagem

13 nov 2013
12h47
atualizado às 17h10
  • separator
  • 0
  • comentários

O zagueiro Pepe afirmou nesta quarta-feira que torceu para a seleção portuguesa não enfrentasse a França na repescagem das Eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2014, devido fatores extracampo.

<p>Pepe n&atilde;o explicou os temores de enfrentar a Fran&ccedil;a em partida decisiva</p>
Pepe não explicou os temores de enfrentar a França em partida decisiva
Foto: Getty Images

"Antes de acabar a fase de grupos, nós já não queríamos enfrentar a França, porque todos sabemos o que acontece. Queríamos evitar isso ao máximo", disse o zagueiro nascido no Brasil, sem detalhar os motivos da torcida contra.

Na última vez que disputou a repescagem, a seleção francesa, que neste ano encarará a Ucrânia, se classificou de maneira polêmica para a Copa de 2010. Na prorrogação da partida de volta contra a Irlanda, Henry dominou bola com o braço, antes de dar passe para William Gallas marcar o gol que valeu a vaga.

O defensor do Real Madrid afirmou ainda que não quer pensar em qualquer situação relacionada aos bastidores antes do jogo contra a Suécia, pela repescagem para o Mundial do Brasil. Na próxima sexta-feira as duas seleções se encaram em Lisboa, e na próxima terça-feira o jogo será em Solna.

Pepe ainda falou obre uma possível perseguição da Fifa contar Cristiano Ronaldo, inclusive pela pouca quantidade de Bolas de Ouro que o craque conquistou durante a carreira. "Não é normal que Cristiano só tenha vencido uma vez o prêmio de melhor jogador do mundo, apesar dos números que está apresentando. Tudo isso demonstra o que acontece no futebol. Nós que estamos dentro do mundo do futebol já sabemos, e cabe a vocês (jornalistas) esclarecer as coisas", disse Pepe.

&amp;lt;a data-cke-saved-href="http://esportes.terra.com.br/infograficos/campeoes-copa/" href="http://esportes.terra.com.br/infograficos/campeoes-copa/"&amp;gt;Campe&otilde;es da Copa&amp;lt;/a&amp;gt;
EFE   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade