0

Portugueses festejam C. Ronaldo e vaga: "Brasil, aqui vamos nós"

19 nov 2013
21h05
atualizado às 21h05
  • separator
  • 0
  • comentários

O clima em Portugal é de festa pela classificação à Copa do Mundo. Depois da vitória por 3 a 2 em Estocolmo sobre a Suécia, a imprensa do país exaltou Cristiano Ronaldo, autor dos três gols lusitanos e grande nome da repescagem das Eliminatórias Europeias para o Mundial que será realizado no Brasil.

Suéciaswe-lSuécia2
3PortugalPortugalpor-l

  • Zlatan Ibrahimovic 22 ' (2T)
  • Zlatan Ibrahimovic 26 ' (2T)
  • Cristiano Ronaldo 5 ' (2T)
  • Cristiano Ronaldo 31 ' (2T)
  • Cristiano Ronaldo 33 ' (2T)
2013-11-19 19:45 GMT-000 (D) FinalizadoFriends Arena
Portugal de Cristiano Ronaldo virá ao Brasil em 2014
Portugal de Cristiano Ronaldo virá ao Brasil em 2014
Foto: EFE

"Brasil, aqui vamos nós", destacou o especializado A Bola, que lembrou que o camisa 7 também havia sido decisivo no primeiro jogo, disputado em Lisboa, em que o astro garantiu o 1 a 0. O jornal ainda avisou que "no momento que Portugal mais precisava voltou a brilhar a estrela do capitão CR7".

Para o tradicional Diário de Notícias, "o melhor Ronaldo de sempre" levou Portugal à Copa do Mundo. O veículo ainda destacou que o astro "mostrou que a braçadeira de capitão que carrega no braço já não é adereço, mas sim algo que está bem entregue. Depois da estupenda segunda parte em Estocolmo, será difícil voltar a afirmar que CR7 não joga tanto por Portugal como pelo Real Madrid".

Os jornais de Madri conseguem ser tão dedicados a Cristiano Ronaldo quanto os portugueses, e também fizeram sua reverência. O AS classificou o lusitano como "memorável" e lembrou que ele venceu duelo com Zlatan Ibrahimovic - autor dos dois gols suecos. Já o Marca foi além: chamou o astro de "Deus Cristiano".

Na Suécia, o clima é de tristeza. O Norrköpings Tidningar escreveu que Cristiano Ronaldo destruiu "brutalmente" os sonhos suecos de uma ida à América do Sul. Já o jornal Aftonbladet seguiu um caminho parecido, dizendo que o português matou os sonhos da seleção escandinava.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade