3 eventos ao vivo

Uruguai vence Argentina, mas joga repescagem pela 4ª vez seguida

15 out 2013
22h22
atualizado às 22h56
  • separator
  • comentários

Pela quarta vez consecutiva, o Uruguai terá que enfrentar a repescagem para tentar uma vaga à Copa do Mundo. Nesta terça-feira, em Montevidéu, a equipe celeste derrotou a Argentina por 3 a 2, resultado que não assegurou a vaga de forma direta para disputar o Mundial de 2014. Além dos rivais argentinos, Colômbia, Chile e Equador já têm a classificação.

Cavani e Stuani comemoram gol do Uruguai em duelo contra Argentina pelas Eliminatórias
Cavani e Stuani comemoram gol do Uruguai em duelo contra Argentina pelas Eliminatórias
Foto: Reuters

Relembre o histórico do Uruguai na repescagem para a Copa do Mundo

Copa Adversário Resultado
2002 Austrália Classificado
2006 Austrália Eliminado
2010 Costa Rica Classificado
2014 Jordânia -

A repescagem será disputada em novembro contra a Jordânia, o representante da Ásia, em confrontos de ida e volta. Para conseguir sua vaga já nesta terça, os uruguaios precisavam vencer e tirar um saldo dilatado em relação ao Equador, que foi derrotado pelo Chile por 2 a 1.

O Uruguai abriu o placar aos 6min com Cebolla Rodríguez, que aproveitou sequência de falta cobrada por Suárez e que passou pelos pés de Lugano para completar ao gol. A vantagem durou apenas oito minutos, uma vez que Maxi Rodríguez aproveitou escorregão de Godín para empatar.

Suárez fez um dos gols da vitória do Uruguai sobre a Argentina
Suárez fez um dos gols da vitória do Uruguai sobre a Argentina
Foto: Reuters

Os uruguaios voltaram a ter vantagem a partir de lance polêmico. Aos 33min, Suárez se jogou na área enquanto era marcado por Sebá e o árbitro brasileiro Marcelo de Lima Henrique assinalou pênalti - o juiz ainda cometeria outras decisões contestáveis no segundo tempo. O próprio atacante foi para a cobrança e finalizou firme no canto do goleiro Romero, que chegou a tocar na bola.

Ainda antes do intervalo, aos 41min, a Argentina voltou a empatar, para o lamento uruguaio, novamente com Maxi Rodríguez. O veterano meio-campista passou pela marcação da equipe da casa e chutou cruzado para fazer seu segundo. Ele foi o principal jogador da equipe visitante, que não contou com nomes como Lionel Messi, Gonzalo Higuaín e Angel Di María.

O Uruguai foi para o intervalo com a necessidade de tirar quatro gols de saldo, uma vez que o Chile vencia o Equador por 2 a 0. A situação melhorou quando, aos 4min, Cavani recebeu passe de Suárez e bateu forte para ampliar. Os jogadores da equipe celeste seguiram buscando o gol e chegaram a acertar a trave em dois lances seguidos, mas não conseguiram fazer o quarto.

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade