0

Conmebol rejeita recurso do Boca e confirma final no domingo

Time xeneize pedia que ganhasse os pontos do segundo jogo da final; Santiago Bernabéu receberá o confronto no domingo

6 dez 2018
19h35
atualizado às 21h14
  • separator
  • comentários

A Conmebol rejeitou nesta quinta-feira o recurso do Boca Juniors e confirmou a realização da segunda partida da final da Libertadores. O clube argentino pedia o título da competição sem ter que entrar em campo no domingo, mas teve a ação negada pela entidade continental.

O recurso do Boca foi realizado no dia 30 de novembro, para o Tribunal de Apelações da Conmebol, logo depois da entidade negar o pedido inicial do clube para a exclusão do River Plate da competição pelos acontecimentos ocorridos nos arredores do Monumental de Núñez no último dia 24.

Presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici
Presidente do Boca Juniors, Daniel Angelici
Foto: Jorge Adorno / Reuters

O Boca considerava que deveria ser declarado vencedor daquela partida e, consequentemente, campeão da Libertadores. Mas, nesta quinta, a Conmebol anunciou que manteve a decisão de seu Tribunal Disciplinar e reafirmou que o segundo jogo da final acontecerá domingo, no Santiago Bernabéu, em Madri.

Depois do empate por 2 a 2 na ida, em La Bombonera, os rivais argentinos deveriam se enfrentar no último dia 24, mas o apedrejamento do ônibus do Boca, que deixou alguns jogadores do clube feridos, resultou no adiamento e, posteriormente, na suspensão da partida.

A disputa foi para os tribunais. Enquanto o River exigia jogar em seu estádio, o Boca pedia para ser declarado campeão. A Conmebol, então, decidiu tirar a aguardada partida de Buenos Aires e a levou para o estádio do Real Madrid, onde será disputada domingo, às 17h30 (de Brasília).

Veja também:

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade