1 evento ao vivo

Carlos Sánchez evita colocar Colômbia entre favoritas do Grupo H: 'Seria um erro'

Seleção colombiana estreia no Mundial nesta terça-feira, contra o Japão

14 jun 2018
23h19
atualizado às 23h22
  • separator
  • comentários

O volante Carlos Sánchez evitou colocar a Colômbia como uma das favoritas na disputa do Grupo H da Copa do Mundo, na Rússia, apesar de os jogadores convocados atuarem em grandes clubes europeus. "Não nos sentimos assim. Chegamos com confiança e acreditamos na nossa equipe. Mas seria um erro sentir-se favorito, chegamos humildemente e estamos trabalhando para enfrentar o Japão e depois os seguintes compromissos", afirmou o jogador do Espanyol, da Espanha, em entrevista coletiva nesta quinta-feira.

Companheiro de James Rodriguez (Bayern de Munique), Dávinson Sánchez (Tottenham), Cristian Zapata (Milan), Juan Cuadrado (Juventus) e Radamel Falcao García (Monaco), o atleta, de 32 anos, comentou sobre a expectativa para o primeiro jogo diante do Japão, nesta terça-feira, às 9 horas (de Brasília), em Saransk.

"É uma seleção que está acostumada com o Mundial, tem jogadores importantes que estão nas melhores ligas do mundo. Eles são capacitados e nós respeitamos isso. Esperamos começar com o pé direito", avaliou Carlos Sánchez.

Ele falou ainda sobre a disputa entre os jogadores de meio de campo para conquistarem uma vaga de titular na equipe do técnico argentino José Pékerman. "Todo mundo diz que eu sou o dono do meio de campo, mas não é assim. Todos nos preparamos para jogar. Uribe e Aguilar têm características diferentes, mas ambos podem jogar na seleção também", ponderou Carlos Sánchez, ao citar Mateus Uribe, do América (México), e Abel Aguilar, do Deportivo Cali, da Colômbia.

Os colombianos fizeram nesta quinta-feira o primeiro treino em solo russo. Ficaram fora da atividade o meia James Rodríguez e o volante Wilmar Barrios (Boca Juniors), ambos com desgaste muscular. Depois do duelo contra o Japão na estreia, os sul-americanos encaram a Polônia, no dia 24, e Senegal, no dia 28.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade