PUBLICIDADE

Brasileiros do Shakhtar serão multados por falta em treino

10 jan 2015 14h11
| atualizado às 15h00
ver comentários
Publicidade
Bernard já se envolveu em outras polêmicas com o técnico
Bernard já se envolveu em outras polêmicas com o técnico
Foto: Getty Images

Após desembarcar no Brasil na última sexta-feira, o elenco do Shakhtar Donetsk enfrentou pela primeira vez o sol à pino do verão carioca e a areia quente da praia do Pepê, na Barra da Tijuca, para dar sequência aos treinamentos. O técnico Mircea Lucescu, porém, desaprovou as ausências de Bernard e Douglas Costa, que estão em férias no Brasil e não se reapresentaram para treinar junto ao elenco.

Na última sexta, dia em que chegou ao Rio de Janeiro, a delegação do Shakhtar fez um leve treino físico no gramado do CFZ, centro de treinamento mantido por Zico e muito utilizado pelo Botafogo em 2014 durante o Campeonato Brasileiro. Desafiado a suportar o calor do Rio após conviver com termômetros marcando 1ºC neste início de ano na Ucrânia, o treinador garantiu que os dois atletas serão penalizados pelo ocorrido.

"Eles (Bernard e Douglas Costa) não mostraram o devido respeito por seus companheiros de equipe. Viajamos por horas desde a Ucrânia até aqui e chegamos no dia. Eles também deveriam estar aqui na hora marcada, já que para eles é apenas uma hora de voo", contestou o comandante, que não soube de nenhuma justificativa para a ausência dos atletas.

Sobre Bernard, jogador foi contratado junto ao Atlético-MG sob rótulo de aposta depois de se destacar na conquista inédita da Libertadores pelo clube mineiro, em 2013, e já se envolveu em outras polêmicas com o ténico da equipe ucraniana. Ele vai reencontrar a torcida atleticana dia 21, no amistoso marcado para o Independência, o mandatário ucraniano teceu diversos elogios, mas cobrou mudança urgente de postura com relação ao grupo.

"Bernard é um grande talento, mas precisa muito de educação a nível europeu. Tem que saber respeitar o clube, o contrato firmado e os companheiros envolvidos. É a quarta vez que isso (atraso na preparação) acontece com ele", contestou. "Está evoluindo muito bem como jogador, mas precisa de tempo para evoluir como profissional. É preciso ter disciplina e respeito com os outros", prosseguiu Mircea, creditando a Douglas Costa o mesmo tom de recomendação.

A expectativa da comissão técnica do Shakhtar é que os jogadores cheguem à concentração ucraniana no Rio até segunda-feira, já que o elenco chegou ao Rio com apenas três dos treze brasileiros. A turnê de cerca de 20 dias pelo Brasil compreende amistosos contra Bahia, na sexta-feira, dia 16, Flamengo, dia 18, Atlético-MG, dia 21, Internacional, dia 23, e Cruzeiro, dia 25. Cerca de vinte dias depois, os ucranianos enfrentam o poderoso Bayern de Munique, pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, dia 17 de fevereiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade