PUBLICIDADE

Com apagão no Bento Freitas, Cruzeiro e Brasil empatam

A bola rolou por 3 minutos em Pelotas e logo em seguida o jogo foi paralisado.; energia do estádio caiu e demorou 22 minutos para voltar

3 jul 2021 21h32
| atualizado às 21h51
ver comentários
Publicidade

Neste sábado, o Cruzeiro embalou o terceiro jogo sem vitória na Série B. O time foi até o sul do país para visitar o Brasil de Pelotas e, jogando no Bento Freitas, as duas equipes ficaram no empate por 0 a 0.

A bola rolou por três minutos em Pelotas e logo em seguida o jogo foi paralisado. A energia do estádio caiu e demorou 22 minutos para ser reestabelecida. Dessa forma, a primeira etapa foi até o minuto 67 de jogo e sem grandes emoções.

Cruzeiro e Brasil de Pelotas empatam em partida pela Série B neste sábado, 3
Cruzeiro e Brasil de Pelotas empatam em partida pela Série B neste sábado, 3
Foto: Giancarlo Santorum/Agência F8/Gazeta Press / Gazeta Press

Dentro de campo, pouca criatividade por parte das duas equipes, que pouco fizeram para balançar a rede adversária. O empate se arrastou até o intervalo.

No segundo tempo, o Cruzeiro cresceu e tentou de qualquer jeito o tento da vitória - ao mesmo tempo em que o Brasil apostava nos contra golpes. O jogo esquentou na reta final e a equipe mineira assustou o time da casa, mas ficou por aí.

No final da noite, as duas estratégias não surtiram efeito e o empate sem gols permaneceu no marcador final. O Cruzeiro chega aos nove pontos e segue na parte de baixo da tabela. O Brasil é o primeiro time fora do rebaixamento, com sete pontos.

FICHA TÉCNICA:

BRASIL DE PELOTAS 0 X 0 CRUZEIRO

Local: estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS)

Data: 3 de julho de 2021, sábado

Hora: 19h (de Brasília)

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro Lima (AL)

Assistentes: Ruan Luiz de Barros Silva (AL) e Wagner Jose da Silva (AL)

Cartões amarelos: Thalys e Wesley (BRA) Felipe Augusto e Rômulo (CRU)

BRASIL DE PELOTAS: Matheus Nogueira; Thalys (Pierini), Ícaro, Herverton e Kevin; Rômulo, Gabriel Terra (Luiz Fernando), Lucas Santos (Netto) e Wesley (Denilson); Ramon e Fabrício (Júnior Viçosa).

Técnico: Cláudio Tencati

CRUZEIRO: Fábio; Norberto, Ramon, Léo Santos e Felipe Augusto (Jean); Matheus Barbosa (Bruno José), Nonoca (Flávio), Rômulo, Giovanni (Adriano) e Marcinho; Rafael Sobis (Thiago).

Técnico: Mozart

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade