PUBLICIDADE

Zubeldía comemora vitória e explica corte de James Rodríguez

Treinador elogiou desempenho da equipe no triunfo sobre o Vitória por 3 a 1 pelo Campeonato Brasileiro

5 mai 2024 - 21h03
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução Youtube Canal SPFCplay - Legenda: Zubeldia elogiou desempenho da equipe / Jogada10

Logo após o belo desempenho do São Paulo que resultou no triunfo por 3 a 1 sobre o Vitória, o técnico Luis Zubeldía concedeu entrevista coletiva no Barradão e elogiou a postura dos seus comandados. Além disso, explicou a decisão de cortar James Rodriguez dos relacionados para a partida.

"Eu tomo decisões. Para isso estou aqui, para tomar decisões. Se não está o James, é porque considero que tem que estar outros companheiros. Tenho clara qual é a minha profissão e tenho clara qual é a minha responsabilidade.", disse, para completar:

"O treinador vai ser julgado pelo resultado final, não é? Mas há algo que eu aprendi em 15 anos de profissão, que sempre as decisões vão estar em função do que vejo e em função do conjunto. Então, todos estão considerados, mas ao final do dia ou antes dos jogos, tenho de tomar decisões", explicou Zubeldía.

Perguntado sobre Luciano, Zubeldía revelou que viu alguns gols marcados pelo camisa 10 na temporada passada e isso fez com que ele se aprofundasse nas características do jogador.

"Tive a possibilidade de fazer um compacto e ver junto com meu estafe os gols de Luciano em 2023. Porque eu conheço os jogadores, mas às vezes eu preciso lembrar com imagens. E se você olha os gols de Luciano em 2023 e anos anteriores também, pode se dar conta de que o que fez hoje não é uma casualidade. Não é uma casualidade. Por isso era muito importante, em um processo de circulação de bola, ocupar os espaços, ter como ameaça sempre o Luciano", disse o treinador.

Zubeldia analisa a vitória

Sobre a partida, o treinador afirmou que o fato de jogar com um jogador a mais durante boa parte do confronto. Entretanto, elogiou a postura dos jogadores do São Paulo ao acertar os cruzamentos em diferentes partes do campo.

"A expulsão mais cedo ajudou para que nós pudéssemos ter mais controle do jogo. É certo que o estado do campo gerava insegurança nos jogadores, tanto deles como os nossos, por uma questão de cartão amarelo ou de expulsão. Então esse fator sempre estava na cabeça de todos os jogadores, tanto dos jogadores locais como visitantes. Mas além da expulsão, acho que fizemos muito bem os cruzamentos de diferentes setores, que nos permitiram chegar com jogadores no área", finalizou.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade