PUBLICIDADE

Mais um dia em que o Corinthians ganhou sem ter vencido

Prejudicado pela arbitragem e com 9 jogadores, Timão é heroico e segura o Grêmio

23 nov 2020 07h07
ver comentários
Publicidade

Um por todos e todos por um. Contra tudo e contra todos. Eis o resumo do que foi o jogo entre Corinthians e Grêmio. Ameaçado ainda pelo rebaixamento, o Timão teve uma noite heroica.

Luan foi um dos heróis corintianos que seguraram o empate contra o Grêmio
Luan foi um dos heróis corintianos que seguraram o empate contra o Grêmio
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians / Agência Corinthians

Primeiro o juiz Caio Max deixou de dar cartão amarelo para Darlan, que já tinha sido amarelado e teria de ser expulso. Mas se pipocou nesse lance, Caio Max não teve dúvida em expulsar corretamente Marlon alguns minutos depois. Nem a sugestão do VAR fez o árbitro mudar de ideia. E ele estava certo. 

O Timão segurou o empate no primeiro tempo com 10 jogadores. Na segunda etapa, Otero, que já tinha amarelo, fez falta e também foi expulso corretamente. O detalhe é que o mesmo Otero sofreu falta no início da jogada. Só que ela não foi marcada por Caio Max que estava, aliás, bem próximo do lance.

De forma heroica o Corinthians não só segurou o Grêmio, que teve uma noite de pouca inspiração, como ainda criou a melhor chance do jogo. Só que Vanderlei fez uma defesa espetacular em chute de Fagner.

Fagner puxou a fila de heróis corintianos, que honraram a história do clube. Nove que se multiplicaram em 11, 12, 30 milhões. Sim, a batalha contra o rebaixamento será árdua. No fim das contas, valeu só um ponto na tabela. 

Só que para a Fiel foi mais um dia em que o Timão ganhou sem ter vencido. Não conquistou os três pontos, mas durante muito tempo essa batalha será relembrada para exemplificar o que é ser Corinthians.

Paradinha Esportiva Paradinha Esportiva
Publicidade
Publicidade