2 eventos ao vivo

Guerrero tem pena ampliada e está fora da Copa do Mundo

14 mai 2018
13h31
atualizado às 13h41
  • separator
  • comentários

Nesta segunda-feira, foi divulgado o resultado da última instância do julgamento de Paolo Guerrero, atacante do Flamengo e da seleção do Peru, por doping para benzoilecgonina, um metabólico da coca e da cocaína. A decisão do Tribunal Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês), foi a de aumentar a pena de Guerrero para 14 meses, e com isso, o jogador está fora da Copa do Mundo da Rússia. A decisão em última instância é definitiva, e não cabe mais recurso.

Paolo Guerrero, atacante do Flamengo e da seleção do Peru
Paolo Guerrero, atacante do Flamengo e da seleção do Peru
Foto: Dhavid Normando / Futura Press

A defesa pedia a anulação por completo da pena, e a punição foi reduzida para seis meses. O atacante estava cumprindo a suspensão provisória desde o dia 3 de novembro, e no dia 3 de maio, após nova audiência, ficou liberado para atuar até que a decisão final fosse divulgada. Dos 14 meses de pena, portanto, o camisa 9 já cumpriu seis.

Guerrero alega que tomou chá de coca e chá com uma mistura com a folha de coca no hotel que a seleção peruana estava concentrada para o jogo diante da Argentina, pelas eliminatórias da Copa, no dia 5 de outubro. O seu teste deu positivo para benzoilecgonina, resultado do metabolismo da coca ou da cocaína no organismo, que está na lista de substância proibidas pela Wada (Agência Mundial Antidoping, na sigla em inglês).

Foto: Eduardo Valente/FramePhoto / Gazeta Press

Veja também

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade