2 eventos ao vivo

Em treino longo e intenso, Diniz trabalha saída de bola no São Paulo

1 out 2019
12h48
atualizado às 16h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico Fernando Diniz comandou o seu terceiro treinamento à frente do São Paulo na manhã desta terça-feira. O dia de trabalho no Tricolor foi dividido em duas diferentes atividades que visavam aprimorar a saída de bola da equipe, uma das marcas do estilo de jogo do treinador.

O treino desta terça durou quase duas horas. Sem muito tempo para implantar sua filosofia, Fernando Diniz aproveita esta semana antes da sequência de jogos no Campeonato Brasileiro para fazer os ajustes que julga necessários neste início de trabalho no São Paulo.

Inicialmente, o elenco são-paulino foi divido em três equipes nesta terça-feira. Um time trabalhava a saída de bola, e o adversário tinha a missão de marcar pressão, no campo de ataque. O terceiro time aguardava do lado de fora. A equipe que tinha de sair jogando foi composta por Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Tchê Tchê, Hernanes e Daniel Alves, uma formação titular incompleta, sem os atacantes.

Alexandre Pato, que se recupera de um estiramento na coxa direita, participou da primeira atividade, assim como o jovem Gabriel Sara, que também vinha lesionado. O atacante ainda é dúvida para a partida contra o Fortaleza, mas vem trabalhando nesta semana com uma carga inferior à do restante do elenco, tanto é que não ficou para a segunda parte. Reinaldo, que não havia participado do treinamento de segunda-feira por conta de uma mialgia, voltou a trabalhar normalmente. Helinho, por sua vez, foi ausência por conta de uma amigdalite.

Na segunda metade do treinamento desta terça-feira, a comissão técnica dividiu o elenco em 4 times com cinco atletas em cada um, que se enfrentavam em campo reduzido, dois de cada vez. Por diversas vezes, Fernando Diniz paralisou a atividade para dar orientações aos seus jogadores. Em outras oportunidades, aproveitava os intervalos para ter conversas particulares com alguns atletas.

O novo treinador do São Paulo ainda terá mais três treinamentos antes de encarar o Fortaleza de Rogério Ceni, sábado, no estádio do Pacaembu. Com o fim da última rodada, o Tricolor foi desbancado pelo Bahia no G6 do Campeonato Brasileiro e por isso precisa urgentemente voltar a vencer para não colocar a chance de disputar a Libertadores em risco.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade