PUBLICIDADE

Brasil e Argentina infantilizam rivalidade no futebol

Provocações dos dois lados já perderam a graça faz tempo

29 jul 2021 07h47
ver comentários
Publicidade

Postagem do volante Douglas Luiz no Instagram, ao lado do meia Reinier e dos atacantes Matheus Cunha e Richarlison, faz troça com a seleção argentina masculina por sua eliminação na fase de grupos dos Jogos Olímpicos, nessa quarta (28). “Tchau hermanitos”, escreveu Douglas na legenda da foto que mostra todos eles dando adeus aos rivais.

Em resposta, o capitão da Argentina, De Paul, exibiu na mesma plataforma uma foto em que aparece com dedo em riste para Richarlison, durante a recente final da Copa América, vencida pelos nossos vizinhos, no Maracanã. O colega de Lionel Messi publicou na legenda um emoji que pede silêncio. Como quem diz que é melhor o outro lado ficar calado.

Neymar e Lionel Messi deram demonstração de respeito na recente final da Copa América
10/07/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Neymar e Lionel Messi deram demonstração de respeito na recente final da Copa América 10/07/2021 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

Por fim, Richarlison retrucou, ressaltando que o Brasil venceu a edição anterior da Copa América, em 2019, e que tem cinco mundiais. A rivalidade nesse esporte entre os dois países beira muitas vezes à infantilidade e descamba para deboches gratuitos que nada acrescentam.

Dias atrás, os times de vôlei dos dois países fizeram um jogo histórico pela Olimpíada de Tóquio. O Brasil perdia por 2 a 0 e virou para 3 a 2. Em quadra, o respeito entre os atletas se fez presente e mesmo diante da tensão até o último minuto, o que se viu tão logo acabou a partida foi uma sessão de cumprimentos entre eles, com abraços e respeito.

Antes disso, na final da Copa América, os argentinos, já em posse do troféu, esboçaram fazer uma gracinha ainda no gramado do Maracanã. Lionel Messi tomou a frente do grupo e impediu a manifestação. O craque argentino deu assim uma aula de civilidade e mostrou que a alegria de uma conquista não deve depender do fracasso alheio, algo difícil de ser entendido por jogadores e torcedores de Brasil e Argentina.

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade