1 evento ao vivo

Série A mantém sina de rebaixamento de clubes do Nordeste

4 dez 2019
13h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Nos anos 2000, com a iminente queda do CSA-AL para a Série B, já são 19 rebaixamentos de clubes do Nordeste da Primeira para a Segunda Divisão nacional do futebol brasileiro. Um número bastante alto que reflete o abismo dessas equipes em relação aos grandes do Sudeste e Sul do País.

Foto: Pei Fon/Raw Image / Gazeta Press

Nesse período de duas décadas, o Vitória-BA foi o que mais vezes caiu – quatro ao todo. O time baiano permanecerá na Série B em 2020, pois não conseguiu o acesso.

Em Pernambuco, Santa Cruz e Sport já foram rebaixados para a Segunda Divisão três vezes nesses últimos anos. Para 2020, o Sport, que acabou de obter o vice-campeonato da Série B, vai voltar a figurar na elite. O outro grande do Estado, o Náutico, também sofreu com o descenso, em 2009 e 2013.

Em 2019, o Naútico foi campeão da Série C e disputará a Série B. O Santa Cruz não se deu bem na Terceira Divisão e vai jogá-la novamente no ano que vem.

Veja quem do Nordeste caiu da ‘B’ para a Série A nos anos 2000:

Vitória – 2004, 2010, 2014 e 2018;

Santa Cruz – 2001, 2006 e 2016;

Sport – 2009, 2012 e 2018;

Bahia – 2003 e 2014;

Fortaleza – 2003 e 2006;

Náutico – 2009 e 2013;

América-RN – 2007;

Ceará – 2011;

CSA – 2019**

** Para se livrar precisaria tirar um saldo de 26 gols em relação ao Ceará em apenas dois jogos e ainda torcer por uma combinação de resultados.

Veja também: 

As chances atualizadas de Liberta e de queda no Brasileirão

 

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade