PUBLICIDADE
Logo do Fluminense

Fluminense

Favoritar Time

Fábio, do Fluminense, se torna o mais velho a atuar na Série A do Brasileirão

Goleiro entrou em campo no empate com o Red Bull Bragantino com 43 anos, 6 meses e 14 dias e superou Zé Roberto, ex-Palmeiras

15 abr 2024 - 12h09
(atualizado às 14h12)
Compartilhar
Exibir comentários
-
-
Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense - Legenda: Fábio bate recordes com a camisa do Fluminense e segue firme como titular no comando de Diniz / Jogada10

Com 43 anos, 6 meses e 14 dias, Fábio alcançou mais um recorde com a camisa do Fluminense no empate por 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, no Maracanã. Assim, o arqueiro desbancou Zé Roberto, ídolo de Palmeiras e Santos, e se tornou o jogador mais velho a atuar na Série A do Campeonato Brasileiro.

Vale lembrar que a última partida do goleiro antes do início desta edição foi pela 38ª rodada do Brasileirão de 2023, contra o Grêmio. Na ocasião, o jogador tinha 43 anos, 2 meses e 6 dias, enquanto Zé Roberto entrou em campo pela última vez em 2017, com 43 anos, 4 meses e 21 dias.

Além disso, nesta temporada, o experiente arqueiro também pode se tornar o jogador mais velho a disputar uma partida oficial da Libertadores.

Mais recordes de Fábio

No dia 3 de fevereiro de 2022, Fábio se tornou o jogador mais velho da história do Fluminense a atuar em partidas oficiais. Na época, o arqueiro tinha 41 anos e 120 dias. Ele completou esse feito no duelo entre Fluminense e Audax, válida pela 3ª rodada da Taça Guanabara daquele ano.

O goleiro desbancou o recorde de Magno Alves, que atuou pela última vez com 40 anos e 31 dias na partida entre Ponte Preta e Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro de 2016.

Por fim, Fábio se tornou o atleta mais velho a ser campeão do torneio continental com 43 anos, um mês e cinco dias. Ele quebrou o recorde do equatoriano Éver Almeida, que conquistou a Libertadores com 42 anos, três meses e nove dias.

Mais velhos a atuar pelo Brasileirão

1 - Fábio — Fluminense x Bragantino (2024): 43 anos, 6 meses e 14 dias;

2 - Zé Roberto — Palmeiras x Botafogo (2017): 43 anos, 4 meses e 21 dias;

3 - Rogério Ceni — São Paulo x Coritiba (2015): 42 anos, 9 meses, 3 dias;

4 - Nenê — Criciúma x Juventude (2024): 42 anos, 8 meses, 25 dias;

5 - Fernando — Santo André x Internacional (2009): 42 anos, 7 meses, 28 dias

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade