PUBLICIDADE
Logo do Fluminense

Fluminense

Favoritar Time

Com 'casca', Fluminense busca superar tradição do Boca em finais de Libertadores

A frequência em estar na competição continental nos últimos anos pode ajudar ao Fluminense a conquistar o inédito título da Conmebol Libertadores

29 out 2023 - 09h37
(atualizado às 09h37)
Compartilhar
Exibir comentários
Fluminense busca título inédito da competição
Fluminense busca título inédito da competição
Foto: CARL DE SOUZA / AFP via Getty Images / Esporte News Mundo

A ansiedade já bate no peito de muitos torcedores seja do Boca Juniors ou do Fluminense. Faltam exatamente seis dias para a grande decisão da Conmebol Libertadores 2023, no sábado, 4 de novembro, às 17h, no Maracanã. Os xeneizes buscam o sétimo título, enquanto os tricolores querem o tão sonhado título inédito da competição continental.

O Boca Juniors tem seis títulos da Libertadores. O último foi conquistado em 2007, na final sobre o Grêmio. Antes, o time argentino foi campeão em 1977, 1978, 2000, 2001 e 2003. Se os argentinos vencerem, empatam com o Independiente. O recorde já dura 39 anos. O clube conquistou seu sétimo título da Libertadores em 1984. Antes, havia sido campeão em 1964, 1965, 1972, 1973, 1974 e 1975.

Do outro lado, o Fluminense busca o título inédito da Conmebol Libertadores, que escapou em 2008. Na ocasião, a equipe conseguiu chegar até a final, mas foi derrotado nos pênaltis pela LDU na decisão também no Maracanã. Contudo, depois desse revés histórico, o Tricolor já começou a frequentar a Libertadores com uma constância maior, o que criou "casca" para competições desse porte.

O Fluminense competiu em 2011, 2012 e 2013 e repetiu o feito em 2021, 2022 e 2023. A frequência do clube nas competições fez a diferença para saber jogar a Libertadores. No último ano, o Tricolor foi eliminado ainda na fase pré da competição em 2022, porém conseguiu se recuperar, teve bom rendimento no Brasileirão teve uma bela encorporação de elenco, o que foi importante para chegar à grande decisão da Libertadores depois de 15 anos.

A esperança do Fluminense para ficar com o título da Libertadores agora em 2023 está no bom futebol jogado pela equipe, sob o comando de Fernando Diniz, além dos gols de Germán Cano e da habilidade de nomes experientes como Marcelo, Felipe Melo e Paulo Henrique Ganso.

Outro fator que também pode ajudar o Fluminense é o retrospecto do Boca Juniors na Libertadores em 2023. O time comandado por Jorge Almirón somente empatou na fase mata-mata, passando nos pênaltis. Além disso, o Tricolor joga em casa e já terá conhecimento do gramado, além de ter maior torcida no estádio.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade