PUBLICIDADE
Logo do

Flamengo

Meu time

Renato parabeniza grupo pela entrega e comemora reencontro com a torcida do Flamengo: 'Dia especial'

Renato também afirmou que é 'totalmente' a favor da volta da torcida aos estádios; sobre o jogo, ele não fez críticas a arbitragem e destacou que não tem um time, mas sim um grupo

16 set 2021 01h04
| atualizado às 01h04
ver comentários
Publicidade

A noite desta quarta-feira foi especial para Renato Gaúcho. Isso porque o treinador reencontrou a torcida no Maracanã, e o Flamengo venceu o Grêmio por 2 a 0, pela quartas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, o time avança na competição para enfrentar o Athletico Paranaense. Em entrevista coletiva ao fim do confronto, Renato parabenizou a equipe e destacou que ficou satisfeito por retornar ao Maracanã e reencontrar a Nação.

Renato Gaúcho conversa com Thiago Maia durante o jogo contra o Grêmio (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Renato Gaúcho conversa com Thiago Maia durante o jogo contra o Grêmio (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Foto: Lance!

- É um dia especial. Faz muito tempo que eu não encontrava a torcida do Flamengo a favor, porque contra era, praticamente, um bom tempo. Fico mais feliz ainda pela entrega da equipe por mais uma vitória, fazendo com que a gente passa para a semifinal de mais uma competição. Então, já dei os parabéns para o meu grupo. Fiquei muito satisfeito de voltar ao Maracanã, reencontrar a torcida do Flamengo com meu grupo e conseguir mais uma vitória.

Dentro de campo, o jogo foi "pegado", com muitas faltas e reclamações dos dois lados. O Flamengo terminou a partida com 13 infrações, enquanto o Grêmio, 18. Renato foi questionado se a arbitragem foi um empecilho para um confronto "mais vistoso". No entanto, o treinador não fez críticas e destacou que está concentrado na sua equipe.

- Acho que a arbitragem esteve normal, é um jogo pegado. O Grêmio vende caro sempre as derrotas. É o estilo do futebol gaúcho, tanto do Grêmio quanto do Internacional. É lógico que a gente tem jogadas mais ríspidas, mas é uma coisa normal. Acredito que ele deu os cartões para quem mereceu tomar os cartões, o pênalti foi legítimo, ninguém pode reclamar de nada, até porque foi uma belíssima jogada do Pedro. Vocês me conhecem, independente de como um árbitro apita uma partida, eu não gosto de opinar. Eu procuro me concentrar mais na minha equipe do que na arbitragem.

TORCIDA NO ESTÁDIO

- Eu sou a favor, totalmente, dos torcedores voltarem aos estádios. Você tem o jogador de futebol que gosta da torcida no estádio, você tem o cantor, você tem o ator de teatro, e ele quer o público. Acho que, seguindo os protocolos, qual é o problema? Vejo que, no futebol, muita gente quer aparecer em cima do futebol. "Ah, não pode entrar torcedor no estádio". Eu vejo tantas aglomerações por aí, não sou eu que vou ficar aqui dando exemplo porque todo mundo vê. E não vejo ninguém tomando providências. Não vejo ninguém se importando tanto quanto no futebol. Por que só no futebol? Por que tem uma câmera, e as pessoas estão aparecendo?

- Se tiver que acabar com o público no futebol, que acabe em todos os locais. Eu vejo shows de artistas, que eu não sou contra, bem pelo contrário. Eu vejo outros tipos de shows e não vejo ninguém comentar das aglomerações. Não vejo ninguém chegar lá e proibir, uma vez ou outra. Então, é o tal do futebol, o futebol faz com que todo mundo apareça na televisão, entendeu? Então, se querem coibir o público no futebol, que partam para os outros locais também, não somente no futebol. Essa é a minha opinião.

RETORNO DE ATLETAS LESIONADOS

- É difícil de falar porque a gente tem reavaliado esses jogadores diariamente, eles têm treinado, mas eu converso bastante com eles, departamento médico também. Eu vou muito pelo que o jogador me passa. Eles têm se recuperado bem, mas são lesões perigosas. Então, é difícil de falar hoje quando que eles vão voltar. Somente no dia a dia com os treinamentos, com o que eles passam para gente, que vamos definido em qual jogo eles podem voltar.

COMO ESTÁ DAVID LUIZ?

- O David Luiz é um grande profissional, já conversei algumas vezes com ele para saber das condições dele. É um jogado que está parado desde maio, ele vem de um procedimento. É um jogador que estava treinando, é um jogador que, quando chegou no Flamengo, na segunda-feira, fez os exames, e os exames dele foram bons. Mas vale também para os jogadores que estão entregues ao departamento médico, vou conversando com eles, trocando ideia e, no momento em que ele estiver 100%, se sentindo bem, é lógico que a gente vai utilizar o David Luiz. Mas, por enquanto, é importante ele recuperar bem a forma física dele, recuperar a musculatura dele.

POLARIZAÇÃO DE FLAMENGO E ATLÉTICO-MG NO FUTEBOL NACIONAL?

- De maneira alguma. Tanto Flamengo quanto Atlético estão bem, assim como o Palmeiras está também. Não tem uma equipe que vai ganhar todos os jogos. Não tem uma equipe imbatível. O Atlético vem ganhando, o Flamengo vem ganhando, o próprio Palmeiras vinha ganhando, mas é uma coisa normal. O Campeonato Brasileiro é muito difícil e muito longo. Qualquer vacilo, de repente, você perde umas quatro posições. Então, é muito cedo até porque foi jogado uma rodada do segundo turno, tem muitos jogos pela frente.

ELENCO ENCORPADO

- Acima de tudo, os jogadores estão de parabéns, porque é aquilo que eu falo, eu não tenho um time, tenho um grupo. Por isso que peço diariamente para eles treinarem forte. Todo jogador que treina forte, vai jogar forte. A camisa chega, nós temos três competições, tem espaço para todo mundo. O jogador de futebol não vai se preparar em dois, três dias. Ele tem que estar preparado para no momento em que for chamado, ele dar conta do recado. É o que tem acontecido. Por isso que, independente de quem entra em campo, o Flamengo tem jogado, tem jogado bem, tem respeitado seus adversários, tem conquistado as vitórias, tem conquistado classificações.

SONHO DE SER CAMPEÃO

- A gente trabalha para isso. Esse é o trabalho, tenho falado isso quase que diariamente para o meu grupo. A gente vem ganhando, a gente vem conquistando vitórias, a gente está buscando os primeiros colocados no Campeonato Brasileiro, a gente está numa semifinal de Copa do Brasil e está numa semifinal de Libertadores. Tudo isso está muito bonito, está todo mundo gostando, mas se não ganhar, não adianta nada. A gente trabalha para ganhar. A gente sabe que temos trabalhando para chegar numa final e levantar a taça, essa é nossa obrigação, esse é o nosso trabalho.

Lance!
Publicidade
Publicidade