0

Flamengo vai promover mudança no departamento de futebol

19 jun 2019
17h25
  • separator
  • comentários

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, vai promover mudanças no departamento de futebol. A mais impactante será a saída de Carlos Noval da direção executiva do setor. Ele será substituído por Bruno Spindel. O anúncio será feito em breve.

Spindel já vinha participando de todas as negociações do departamento de futebol ao lado do vice-presidente Marcos Braz. Eles inclusive viajaram a Europa juntos e trataram de várias contratações, como do lateral-direito Rafinha e do próprio técnico Jorge Jesus.

A mudança no departamento de futebol conta com o aval do vice-presidente de Relações Externas, Luiz Eduardo Batista (Bap), que vem ganhando cada vez mais forças na atual gestão. Ainda sobre o setor, a gerência continua a cargo de Paulo Pelaipe.

Fla irá promover alterações no departamento de futebol (Foto: CRF)

Carlos Noval ainda não foi comunicado de forma oficial, mas será oferecida uma nova função a ele. O dirigente fez sucesso coordenando as categorias de base, mas não deve aceitar voltar ao posto.

Spindel, Pelaipe e Marcos Braz terão a missão de trabalharem em conjunto para permitirem que Jorge Jesus tenha as melhores condições de trabalho. O treinador português é uma aposta da diretoria flamenguista.

O elenco do Flamengo só volta a trabalhar em 20 de junho. O primeiro compromisso após a Copa América será em 10 de julho, duelo com o Athletico-PR na Arena da Baixada, em Curitiba, pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Pelo Brasileiro, o próximo rival é o Goiás no dia 14 de julho.

Zagueiro da seleção chilena ainda não foi procurado

O Flamengo segue buscando reforçar o setor defensivo. Após fechar com Rafinha para a lateral direita, o clube procura um jogador para o miolo de zaga, mas esse nome, a princípio, não é Igor Lichnovsky, zagueiro do Cruz Azul, do México, e da seleção chilena.

"A respeito disso, até o momento sou jogador do Cruz Azul. Não recebi nenhum contato", disse o jogador especulado na equipe comandada por Jorge Jesus em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

Lichnovsky está no Brasil para a disputa da Copa América. Convocado pelo treinador Reinaldo Rueda, o jogador é reserva da equipe chilena, que, após vencer o Japão com contundência na última segunda-feira, pode garantir a classificação às quartas de final caso triunfe mais uma vez, agora diante do Equador, nesta sexta-feira, às 20 horas (de Brasília), na Fonte Nova, em Salvador.

No Cruz Azul desde 2018, Lichnovsky disputou 44 partidas pelo time mexicano e marcou um gol. Aos 25 anos, o zagueiro também enfileira passagens por Valladolid e Sporting Gijón, da Espanha, além de Porto, de Portugal, e Universidad de Chile, equipe em que foi revelado, se destacou e apareceu para o futebol europeu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade