PUBLICIDADE
Logo do Flamengo

Flamengo

Favoritar Time

Flamengo: Ministério Público arquiva processo contra Marcos Braz por agressão em torcedor

Dirigente pagou indenização a Leandro Campos

23 fev 2024 - 18h39
Compartilhar
Exibir comentários

O caso de agressão de Marcos Braz, dirigente do Flamengo, contra o torcedor Leandro Campos, que aconteceu em um shopping da zona oeste do Rio de Janeiro em 2023, teve fim. O entregador desistiu de dar continuidade ao processo, que foi arquivado pelo Ministério Público (MP) do Rio de Janeiro.

Foto: Lance!

De acordo com o "ge", o acordo encontrado entre as partes no início de fevereiro foi essencial para que a Promotoria de Justiça junto ao IX Juizado Especial Criminal da Capital promoveu o arquivamento dos autos do processo.

- A manifestação de vontade do ofendido em não demonstrar interesse em prosseguir com o processo enseja a ausência de condição de procedibilidade para a ação penal e consequente extinção da punibilidade em relação aos autores do fato - diz trecho da decisão do MP, que havia pedido pelo que Marcos Braz e Carlos André fossem autuados por lesão corporal.

Leandro também receberá uma indenização extrajudicial e optou por não dar continuidade a ação cível por danos morais e da representação criminal por "ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem". O valor a ser pago pelo dirigente é mantido sob sigilo.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade