PUBLICIDADE
Logo do Flamengo

Flamengo

Favoritar Time

Fla é o único brasileiro entre os que mais fornecem jogadores à Copa América

Times europeus e de países menores da América do Sul e América Central aparecem no top 10

20 jun 2024 - 13h54
Compartilhar
Exibir comentários
Arrascaeta é um dos astros da seleção uruguaia –
Arrascaeta é um dos astros da seleção uruguaia –
Foto: Divulgação/Uruguai / Jogada10

A Copa América começa nesta quinta-feira (20) com o duelo entre Argentina e Canadá, às 21 horas. Ao todo, 229 clubes cederam jogadores à competição e há um brasileiro na relação dos dez primeiros, o Flamengo. O levantamento do "Bolavip" mostra o top 10 em número de atletas e o valor de mercado atualizado do grupo de jogadores enviados. Veja essas informações e outras curiosidades na lista abaixo:

Arrascaeta é um dos astros da seleção uruguaia - Foto: Divulgação/Uruguai

1° Bolívar (Bolívia) - 9 jogadores

Base da seleção boliviana, o clube que irá enfrentar o Flamengo nas oitavas de final da Libertadores é o que mais enviou jogadores à Copa América 2024, com nove no total. Todos são bolivianos e o de maior valor de mercado é o meia-atacante Ramiro Vaca, de 24 anos, que possui valor de mercado de 466 mil reais.

2° América (México) - 7 jogadores

Diferentemente do Bolívar, os convocados do América para o torneio são de nacionalidades variadas. São dois mexicanos, dois chilenos, dois uruguaios e um paraguaio.

3° Deportivo Saprissa (Costa Rica) - 7 jogadores

Outro time que serve de base para uma seleção de menor porte, o Saprissa tem seis atletas na seleção da Costa Rica, que vai enfrentar o Brasil na estreia. Há ainda um jogador que atua na seleção do Panamá.

4° Herediano (Costa Rica) - 6 jogadores

Outro time costa-riquenho pilar da seleção nacional, o Herediano tem os seis atletas convocados naturais do país. No entanto, junto com o Saprissa, ficam com os valores de mercado mais baixos do top 10.

5° Porto (Portugal) - 5 jogadores

O Porto, assim como o Flamengo e outros três times, forneceram cinco jogadores para a Copa América. Como critério de desempate, o ranking utiliza o valor de mercado somado dos jogadores. Os atletas do time português irão representar Canadá (Eustaquio), México (Jorge Sánchez) e Brasil (Evanílson, Pepê e Wendell).

6° Flamengo (Brasil) - 5 jogadores

Curiosamente, o único representante do Brasil na lista não cedeu nenhum atleta para a seleção nacional. Foram quatro para a seleção uruguaia (De Arrascaeta, Matías Viña, Varela e De la Cruz) e um para a seleção chilena (Pulgar). Somente em valor de mercado, o clube fica na terceira posição do top 10.

7° Libertad (Paraguai) - 5 jogadores

Tradicional clube paraguaio, o Libertad abasteceu a seleção nacional com cinco atletas. O mais valioso entre eles é o lateral-esquerdo Matías Espinoza, com passe avaliado em pouco mais de R$ 11 milhões.

8° Always Ready (Bolívia) - 5 jogadores

Assim como o Bolívar, o Always Ready ajuda a sustentar a seleção nacional. Os cinco convocados são bolivianos e o jogador mais valioso é o lateral-direito Diego Medina, com valor de mercado de R$ 5 milhões.

9° Universitario (Peru) - 5 jogadores

Participante da Copa Libertadores 2024, o Universitário enviou cinco jogadores à seleção nacional. Os mais conhecidos são os atacantes Edison Flores e Andy Polo, os mais valorizados da lista.

10° Real Madrid (Espanha) - 4 jogadores

O Real Madrid, assim como outros 16 times, enviaram quatros jogadores para a Copa América. O clube espanhol entra na relação por ter o valor de mercado de seus jogadores mais alto que os demais. O valor de Vinicius Júnior, Rodrygo, Militão (Brasil) e Valverde (Uruguai) soma R$ 2,7 bilhões.

Top 10 em valor de mercado

Levando em conta apenas o valor de mercado somado dos jogadores, de acordo com o site Transfermarkt, o Real Madrid ocupa a ponta mesmo com apenas quatro jogadores. Na realidade, somente Vinicius Jr, Rodrygo ou Valverde, sozinhos, valeriam mais do que qualquer outro time do ranking.

Isso mostra a disparidade do mercado europeu em relação ao resto do mundo, vide o Porto na segunda posição com cinco jogadores. O time que mais cedeu atletas, o Bolívar, aparece na 6° posição e o Saprissa, segundo que mais tem jogadores na Copa América empatado com o América, foi para a 10° posição.

O ranking mostra apenas os 10 times que mais enviaram atletas à competição, com intuito comparativo. Se outros times do velho continente que cederam quatro jogadores ou menos fossem considerados, provavelmente o ranking seria ocupado apenas por europeus. O Liverpool, por exemplo, também cedeu quatro jogadores, com valor somado de R$ 1,4 bilhão.

1° Real Madrid: R$ 2,7 bilhões

2° Porto: R$ 504,2 milhões

3° Flamengo: R$ 266,4 milhões

4° América-MEX: R$ 247,7 milhões

5° Libertad: R$ 35 milhões

6° Bolívar: R$ 25,5 milhões

7° Always Ready: R$ 21,6 milhões

8° Universitario: R$ 21,3 milhões

9° Herediano: R$ 15,3 milhões

10° Saprissa: R$ 12,5 milhões

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade