PUBLICIDADE
Logo do Figueirense

Figueirense

Favoritar Time

Figueirense e Camboriú ficam no empate na partida de ida da semifinal do Campeonato Catarinense

O Camboriú joga pelo empate na partida de volta; o Figueira precisa vencer para ir à final

23 mar 2022 - 23h10
(atualizado em 24/3/2022 às 05h40)
Compartilhar
Exibir comentários

No estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, em jogo válido pela partida de ida da semifinal do Campeonato Catarinense, Figueirense e Camboriú ficaram no empate pelo placar de 1 a 1. O Figueira abriu o marcador no início da etapa complementar, gol de Gustavo Henrique. Só que Wesley do Cambura conseguiu empatar a partida pouco tempo depois.

(Foto: Patrick Floriani/Figueirense)
(Foto: Patrick Floriani/Figueirense)
Foto: Lance!

A partida de volta será realizada no Estádio das Nações, em Balneário Camboriú. O Camboriú joga por um novo empate para ir à final. Já o Figueirense vencer para se classificar. Quem passar desse duelo pega o Brusque ou Concórdia.

O jogo

PRIMEIRO TEMPO

JOGO COMEÇA MOVIMENTADO, MAS AS MELHORES CHANCE FORAM DO FIGUEIRA

Os dois times começaram o jogo partindo para o ataque em busca do gol. Mas quem criou as melhores oportunidades nos primeiros 10 minutos foi o Figueirense. Só que John Cley e Gustavo Henrique não aproveitaram.

CAMBORIÚ PERDE UM PÊNALTI

Após as duas chances de perigo do Figueira, o Camboriú começou a caprichar mais na elaboração das jogadas e passou a chegar ao gol do adversário de forma mais aguda. Aos 23 minutos, o Cambura teve uma oportunidade de ouro em cobrança de pênalti. Léo Campos bateu, mas Rodolfo conseguiu fazer a defesa.

FIGUEIRENSE ASSUSTA, CAMBORIÚ TAMBÉM

No fim do primeiro tempo, cada time teve uma grande oportunidade de ir para o intervalo com a vantagem no placar. A cobrança de falta de Zé Mario, do Figueirense, foi para fora, só que passou muito perto do gol. Já o Camboríu poderia ter marcado, mas a bola bateu nas duas traves e não entrou.

SEGUNDO TEMPO

FIGUEIRENSE ABRE O MARCADOR

O Figueira voltou voando do intervalo e empatou o jogo logo aos 2 minutos. Léo Arthur bate forte, Gabriel Félix espalmou, mas deu rebote. Gustavo Henrique estava muito bem colocado para bater e inaugurar o placar: 1 a 0 para o Figueira.

CAMBORIÚ VAI À LUTA E EMPATA O JOGO

O Camboriú não se abalou com o gol. Quinze minutos depois, o time do Cambura teve uma cobrança de falta que foi levantada na área, o goleiro Rodolfo não conseguiu afastar o perigo, Wesley aproveitou e empatou: 1 a 1.

FIGUEIRENSE DESPERDIÇA CHANCES

O Figueirense sentiu o gol e passou a ter muita dificuldade de controlar o jogo. Mesmo assim, o time do Figueira teve duas boas oportunidades para marcar, mas na primeira o goleiro do Camboriú defendeu e na segunda a cobrança de falta de Zé Mario passou tirando tinta da trave.

CAMBORIÚ CARIMBA A TRAVE DUAS VEZES NO MESMO LANCE

Apesar de satisfeito com o empate, o Camboriú poderia ter saído com a vitória no fim da partida. Aos 49 minutos do segundo tempo, após cobrança de escanteio, Matheus Lagoa acertou a trave e por pouco não aumentou ainda mais a vantagem do time para o jogo da volta das semifinais do Campeonato Catarinense.

FIGUEIRENSE 1 X 1 CAMBORIÚ - CAMPEONATO CATARINENSE 2022

ESTÁDIO: Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

Data/horário: 23 de março de 2022, às 20h30 (Brasília)

Árbitro: Luiz Augusto Silveira Tisne

Assistentes: Helton Nunes e Eder Alexandre

Cartões amarelos: Zé Mário, Kauê e Oberdan (FIG); Wesley e Charles (CAM)

Cartões vermelhos: -

Gols: Gustavo Henrique, 02'/2ºT (1-0) (FIG); Wesley, 17'/2ºT (1-1) (CAM).

FIGUEIRENSE: (Técnico: Júnior Rocha)

Rodolfo Castro; Muriel (Natan Masiero, aos 28'/2ºT), Pablo, Luís Fernando e Zé Mário; Uesley Gaúcho (Clayton, no intervalo), Oberdan, Jhon Cley, Kauê (Léo Arthur, no intervalo) e Luís Gustavo (Paolo, aos 25'/2ºT); Gustavo Henrique (Gustavo Índio, aos 33'/2ºT).

CAMBORIÚ: (Técnico: Luan Carlos)

Gabriel Felix; Lucas Barboza, Wesley Santos, Cleisson e Léo Campos (Charles, aos 40'/2ºT); Emerson Martins, Wagner Balotelli e Maicon Assis (Bruno Oliveira, aos 40'/2ºT); Ronny (Matheus Lagoa, aos 24'/2ºT), Juliano e Bruno Mota.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade