PUBLICIDADE

César Cielo destaca importância do tratamento da asma e incentiva consulta pública

8 mar 2021 20h30
ver comentários
Publicidade

O nadador olímpico César Cielo destacou a importância da consulta pública da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC), que avalia a incorporação de novos medicamentos para asma leve a moderada no SUS. O atleta sabe bem o que é enfrentar o desafio diário de controlar a asma para afastar as crises e ter sucesso nas piscinas.

"Desde a infância, o controle da asma sempre foi um tópico obrigatório e prioritário no planejamento das minhas atividades e dos meus treinos. Sem essa disciplina, o impacto da doença poderia ter comprometido a minha jornada, como atleta e como pessoa, o que, infelizmente, acontece com muitos indivíduos que têm asma, mas não fazem o tratamento diário preventivo e contínuo. A consulta pública é fundamental para que os pacientes tenham as melhores opções gratuitas para o tratamento e controle da doença", explicou.

A participação da sociedade civil está disponível até o dia 9 de março e pode ser feita pela internet. No Brasil, a asma atinge cerca de 20 milhões de pessoas, de acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT).

Atualmente, Cielo defende as cores do Marcílio Dias, de Itajaí (SC), e é o único campeão olímpico da natação brasileira, além de ser o maior vencedor do esporte nacional em mundiais, com 19 medalhas, incluindo dois recordes, no 50 e 100 metros livre. O nadador detém ainda a marca mais longa da história da natação: 11 anos desde o dia em que registrou o tempo de 20 segundos e 91 centésimos nos 50 metros nado livre.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade