PUBLICIDADE

Jogo com Chile deixa cicatrizes em Neymar e mais 3 do Brasil

30 jun 2014 17h41
| atualizado às 17h47
ver comentários
Publicidade
<p>Seleção Brasileira se prepara para encarar a Colômbia</p>
Seleção Brasileira se prepara para encarar a Colômbia
Foto: Gaspar Nóbrega / Vipcomm

O duelo contra o Chile, no último sábado, que culminou com a classificação da Seleção Brasileira às quartas de final da Copa do Mundo, deixou cicatrizes em jogadores brasileiros. A longa duração do confronto, que foi decidido apenas nos pênaltis, e a tensão dentro de campo ainda rendem dores nesta segunda-feira, dois dias depois da disputa, a Neymar e outros três atletas nacionais. 

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

O atacante do Barcelona, que teve atuação discreta e sofreu com entradas duras dos chilenos, segue com dores por causa das pancadas que recebeu durante o jogo. Neymar ainda tem um incômodo na coxa esquerda e outro no joelho direito, por isso pode ser poupado dos treinamentos - ainda assim, não preocupa para a partida contra a Colômbia, na próxima sexta-feira. 

Já David Luiz, que chegou a ser dúvida contra o Chile e terminou o duelo com muitas dores, apresentou melhora da lesão nas costas. O defensor deve ter boas condições para encarar a Colômbia, melhores até do que antes do duelo das oitavas de final. 

Apagado contra os chilenos, o meio-campista Oscar é outro que apresenta cicatrizes. O atleta do Chelsea sofreu um arranhão grande que inflamou a coxa esquerda. Oscar recebe cuidados do departamento médico e não preocupa para o próximo confronto. 

Fora do duelo decisivo contra a Colômbia por ter recebido o terceiro cartão amarelo, o volante Luiz Gustavo sofreu uma pancada mais forte no joelho direito, mas apresenta boa recuperação e não deve ficar fora dos treinos. 

Após ver a Seleção Brasileira ter atuação ruim contra o Chile, o técnico Luiz Felipe Scolari tem a semana quase cheia para trabalhar, a fim de deixar a equipe preparada para encarar a Colômbia de James Rodríguez e companhia. 

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade