PUBLICIDADE

Messi

Camisas de Messi na Copa do Mundo de 2022 são vendidas em leilão por quase R$ 40 milhões

Peças são arrematadas por 7,8 milhões de dólares, mas comprador não é revelado. Camisas foram usadas por Messi no primeiro tempo de jogos

14 dez 2023 - 23h37
(atualizado em 15/12/2023 às 07h45)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Patricia de Melo Moreira/AFP via Getty Images - Legenda: Messi conquistou título que faltava na Copa do Mundo do Qatar / Jogada10

Um lote com seis camisas usadas por Lionel Messi pela Argentina na Copa do Mundo de 2022 foi a leilão. E o valor obtido é de 7,8 milhões de dólares (R$ 38,1 milhões na cotação atual), segundo informou a casa de leilões Sotheby's.

Inicialmente, a Sotheby's projetava arrecadar 10 milhões de dólares (cerca de R$ 48 milhões), mas isso não aconteceu. Mesmo assim, a casa celebrou o valor, indicado como um dos maiores da história de uma coleção esportiva.

Parte da receita obtida com o leilão será direcionada para o hospital Sant Joan de Deu, em Barcelona. O projeto busca auxiliar crianças que sofrem de doenças raras, como câncer, e teve auxílio do argentino na construção, que ajudou a arrecadar fundos para que o projeto saísse.

A Sotheby's não divulgou informações sobre o comprador das camisas, o que é normal. O item esportivo mais caro vendido em um leilão segue sendo o uniforme que Michael Jordan usou nas Finais da NBA de 1998. Na ocasião, o Chicago Bulls conquistou o título, e a peça custou 10,1 milhões de dólares (R$ 53 milhões à época).

As camisas que Messi utilizou são dos jogos contra Arábia Saudita e México, ambos na fase de grupo, além das peças de todos os jogos do mata-mata. Nas oitavas a Argentina eliminou a Austrália, nas quartas a vítima foi a Holanda, nas semifinais a Albiceleste passou pela Croácia, e a França foi quem perdeu na final.

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade