PUBLICIDADE

Cristiano Ronaldo

Hazard se compara a Cristiano Ronaldo, gera polêmica e analisa Neymar e Messi

Jogador belga atuou por Real Madrid, Chelsea e Lille e se aposentou recentemente do futebol

3 fev 2024 - 16h44
(atualizado às 16h44)
Compartilhar
Exibir comentários

O belga Eden Hazard gerou polêmica neste sábado ao se comparar a Cristiano Ronaldo. A declaração se referindo ao atacante português foi dada em entrevista à revista France Football. "O Cristiano Ronaldo é um jogador maior do que eu, mas, em termos de futebol puro, acredito que não foi melhor do que eu."

Hazard se aposentou no fim de 2023, aos 32 anos. Seu último time foi o Real Madrid, no qual chegou com status de estrela vindo do Chelsea, em 2019, e teve passagem apagada. Hazard disse ainda que Neymar "talvez" tenha sido melhor do que ele e que o Lionel Messi é incomparável. "É único em termos futebolísticos. Acho que é o maior da história, impossível tirar isso dele."

Com 167 gols em 623 partidas como profissional, o belga reconheceu que não teria capacidade de ter uma carreira como a de Cristiano Ronaldo, que aos 38 anos segue na ativa no Al-Nassr. "Ficar uma hora em banho gelado depois de um treino? Não. Preferia ficar em paz, com os meus amigos, jogando cartas e bebendo uma cerveja. A minha recuperação era brincar com os meus filhos no jardim. Se eu tivesse sido como o Cristiano Ronaldo, que é o exemplo de um bom futebolista, teria um 'burnout'."

Hazard também disse que não deu importância às dietas durante sua carreira. "Não digo que abusava da comida. Não ia ao McDonald's todos os dias. Ninguém aguenta 16 anos como profissional assim. Gostava de comer e de beber com os amigos. As dietas são inúteis a não ser que você queira jogar até os 40 anos. Eu sabia que não seria o meu caso", afirmou.

Ele atuou como capitão da seleção belga, pela qual disputou 126 partidas e fez 33 gols. Hazard estava em campo quando os europeus venceram por 2 a 1 e eliminaram o Brasil nas quartas de final da Copa da Rússia, em 2018. A chamada "geração de ouro belga" terminou aquele Mundial na terceira colocação.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade