0
Logo do Coritiba
Foto: terra

Coritiba

Esperando por um oportunidade, Alecgol ainda sonha com Coxa na Libertadores

1 ago 2017
21h27
atualizado às 21h27
  • separator
  • comentários

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e com problemas para o técnico Marcelo Oliveira escalar o time, o Coritiba já conta com o protagonismo dos mais experientes do elenco para tentar reverter a situação. É o caso do atacante Alecsandro, que ainda não brilhou pelo time, segue sem marcar gols e já conta com a desconfiança de parte da torcida. Alecgol, entretanto, ainda sonha em emplacar e até mesmo em chegar a Libertadores da América.

"É uma situação delicada, mas que não foge do nosso controle. Temos mais de 20 rodadas. O objetivo principal ainda é buscar o G-6. Foi o pensamento que nós, jogadores, tivemos no começo do campeonato", disse o jogador, que quer pensar vitória por vitória. "Uma vitória nos coloca em 11° ou 10° e duas vitórias já te colocam em oitavo ou sétimo. Está dentro do nosso controle, mas lógico que agora liga aquela luz amarela que a gente tem que correr atrás", acrescentou.

O atacante reconhece que passa por um momento incômodo, mas acredita que se tiver chance, para mostrar que não foge da responsabilidade. "Tenho minhas metas e meus objetivos, que, a cada rodada, se tornam mais difíceis. Isso, lógico, me incomoda. Sei que a bola vai entrar. Não joguei nenhum jogo fácil e, na maioria dos jogos pelo Coritiba, entrei faltando cinco e dez minutos. Vou procurar sempre o meu melhor, mas, por carregar o nome Alecgol e estar vindo de outra equipe grande, a responsabilidade só aumenta", analisou.

O próximo confronto será direto, diante do São Paulo, que deixou a ZR após uma vitória heroica e chega embalado. Alecsandro sabe que a vida não será fácil, mas aposta suas fichas n time comandado por Marcelo. "O São Paulo vem de uma grande vitória, a gente sabe de toda a dificuldade de jogar no Morumbi. Sabemos de todas as dificuldades, temos um treinador de altíssima qualidade e competência, chegou em um momento muito bom. Pelo momento do adversário, teremos um jogo bem complicado", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade