0

Coritiba sai de campo lamentando atitude do time em eliminação

15 fev 2019
00h48
atualizado às 00h48
  • separator
  • comentários

O Coritiba está eliminado da Copa do Brasil 2019 logo em seu primeiro jogo, diante do URT, em partida disputada em Patos de Minas. A derrota por 3 a 2 expôs alguns problemas em jogadas de bolas paradas, até então um ponto forte da equipe, e tirou a chance da disputa por maior projeção e, claro, pelos prêmios pagos pela competição. O goleiro Wilson garante que o time entrou em campo sabendo o que enfrentaria, mas na prática nada funcionou.

"A gente alertou antes do jogo, campo pequeno, teria muita bola aérea. Ia ser só isso. E foi o que sofremos. A gente também teve oportunidade para fazer lá na frente, e perdemos oportunidades", disse o jogador, que agora foca em uma reação rápida do grupo. "Lamentável essa eliminação precoce. Mas, é início de ano, grupo de formando. É recuperar o mais rápido porque tem um ano inteiro pela frente", acrescentou.

Para o meia João Vitor, a equipe alviverde não repetiu suas últimas atuações, mostrando falhas coletivas e falta de entrosamento. "Ultimamente a gente tinha feito jogo um muito solidário e não fizemos desta vez. E, em decisão, quem tem mais vontade em campo ganha o jogo", destacou.

O atacante Rodrigão deixou sua marca mais uma vez, mas não foi suficiente. Agora, o jogador quer pensar nas semifinais do Estadual, outra decisão que o Cox atem pela frente. "É difícil a gente encontrar a palavra agora. A gente sabe o que a gente fez, sabe o que aconteceu. Agora tem que pensar no Cascavel, tem jogo domingo. Acabou. Não adianta lamentar. Que sirva de lição. Que domingo a gente chegue com garra, determinação, querendo alguma coisa em 2019", concluiu.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade