PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Sem dinheiro, Corinthians pode "perder" Dudu para São Paulo

30 dez 2014 21h12
| atualizado às 22h16
ver comentários
Publicidade

Se em fevereiro passar pelo Once Caldas, da Colômbia, o Corinthians enfrentará o São Paulo na primeira rodada da fase de grupos da próxima Copa Libertadores da América. Mesmo assim, os dois clubes paulistas já duelam antes mesmo de as competições de 2015 começarem. De acordo com informações publicadas pelo diário Lance! nesta terça-feira, o time alvinegro pode ver o atacante Dudu, ex-Grêmio e antes praticamente certo no Parque São Jorge, transferir-se ao São Paulo nas próximas semanas.

Segundo o jornal, o Corinthians vem sofrendo com problemas financeiros e pode ser ultrapassado pelo São Paulo na disputa pela contratação do atacante que pertence ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia. Em contato exclusivo com o Terra na semana passada, Dudu já falava praticamente como jogador da equipe alvinegra. Disse que o Corinthians tinha a “melhor torcida” e que o zagueiro Gil, seu ex-companheiro no Cruzeiro, havia tido grande parcela de responsabilidade por ele ter escolhido defender o time comandado por Tite em 2015.

Contudo, de acordo com o Lance!, estas declarações causaram desconforto nos empresários do jogador. As negociações estavam avançadas, e o Corinthians pagaria 4 milhões de euros (cerca de R$ 13 milhões) para ter 60% dos direitos do atleta, segundo a publicação. O clube de Parque São Jorge, porém, ainda não encontrou investidores para efetuar a compra e, assim, passou a ficar pessimista com o negócio que antes era praticamente certo.

Com este cenário, o São Paulo volta a ganhar força na briga pela contratação de Dudu. De acordo com o Lance!, o clube tricolor também sofre com falta de dinheiro, mas só havia “desistido” do atacante porque a oferta corintiana tinha sido maior. Se o Corinthians abandonar as negociações com o atacante, então, o São Paulo pode mais uma vez voltar as atenções ao atacante. Vice-presidente de futebol são-paulino, Ataíde Gil Guerreiro disse ao diário que “se eles (Corinthians) desistirem mesmo, aí sim tudo pode mudar”. É esperar para ver o que vai acontecer.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade