PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

Novo goleiro titular do Corinthians se despede de Cássio: ‘Uma das pessoas que mais me ajudou’

Carlos Miguel postou um agradecimento ao ídolo do Timão

17 mai 2024 - 20h41
(atualizado às 23h17)
Compartilhar
Exibir comentários
Cássio e Carlos Miguel conversam após partida do Corinthians
Cássio e Carlos Miguel conversam após partida do Corinthians
Foto: Reprodução/Instagram/Corinthians

O ciclo de Cássio no Corinthians chegou ao fim nesta sexta-feira, 17, após 12 anos. Carlos Miguel, novo dono da meta do Timão, foi um dos jogadores que tirou um tempo para homenagear o eterno camisa 12

Por meio das redes sociais, o goleiro de 25 anos demonstrou gratidão e destacou toda a ajuda recebida por parte do ex-companheiro desde que chegou ao Parque São Jorge, em 2021.

“Desde o meu primeiro dia, foi uma das pessoas que mais me ajudou. Não preciso desejar sucesso a quem nasceu predestinado, apenas agradecer por tudo. Gratidão GIGANTE”, escreveu o arqueiro.

Nos últimos meses, a torcida do Corinthians entrou em conflito quanto a quem deveria ser o goleiro titular da equipe. Enquanto Carlos Miguel crescia com grandes atuações, Cássio vivia momento de declínio e era bastante criticado por conta de falhas dentro de campo.

Apesar da divisão de parte da torcida, o jovem goleiro demonstrou que a relação entre eles era boa dentro do clube.

Relembre trajetória de Cássio no Corinthians

Na época pouco conhecido no Brasil, o goleiro começou a trajetória no Timão em 2012, aos 24 anos, após passagens por Grêmio, PSV e Sparta Rotterdam, os dois últimos da Holanda.

Inicialmente, Cássio chegou ao Parque São Jorge para disputar posição com Júlio César, então goleiro titular. Uma sequência ruim do dono da meta, no entanto, ajudou o ‘Gigante’ a assumir o posto, de onde não saiu mais.

Uma de suas atuações mais marcantes aconteceu justamente em sua temporada de estreia. Diante do Vasco, pelas quartas de final da Libertadores, o goleiro fez defesa milagrosa em chute de Diego Souza e ajudou a colocar o Timão na semifinal da competição, que terminaria com o título inédito de sua equipe.

No fim do mesmo ano, Cássio foi o craque da vitória do Corinthians sobre o Chelsea, da Inglaterra, na decisão do Mundial de Clubes.

Suas grandes atuações pelo Timão o levaram para a Seleção Brasileira. Com a amarelinha, o camisa 12 conquistou a Copa América de 2019 e disputou a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Recentemente, no entanto, Cássio perdeu lugar no time titular e foi substituído por Carlos Miguel. O último jogo do arqueiro foi na derrota para o Argentinos Juniors, pela Copa Sul-Americana.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade