PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Lázaro diz que Sylvinho "transforma ambiente" e aponta qualidades do Corinthians

27 mai 2021 00h56
| atualizado às 01h17
ver comentários
Publicidade

Pelo segundo jogo seguido, o Corinthians foi comandado por Fernando Lázaro na Copa Sul-Americana e, assim como já havia sido diante do Huancayo-PER, o Timão goleou o River Plate-PAR por 4 a 0.

Sylvinho participou do treino na véspera do confronto e observou tudo de cima, na Neo Química Arena, mas Lázaro fez questão de ressaltar a importância da chegada do novo treinador ao clube.

"Sylvinho é daquele jeito. Já se apresentou, é um cara que transforma ambiente, já muda o clima. E trouxe essa ideia, colocou desde o primeiro momento, de dar essa cara para o time, teve participação (dele). Viajou na madrugada, chegou às 4 (horas), fez reunião às 7 (horas), se apresentou, deu treino à tarde e só não esteve no campo por burocracia. Esse é o Sylvinho", comentou o coordenador do Cifut (Centro de Inteligência do Futebol), aos risos.

Durante a entrevista coletiva, Láraro também apontou as qualidades que enxerga em time do Corinthians que, em muitos momentos, é castigado pelas críticas.

"A equipe tem boas virtudes, tem conseguido ter solidez defensiva, uma organização que tem permitido dar tranquilidade para os atletas jogarem. Erros que acontecem a gente tem conseguido uma cobertura, o que facilita, e o momento de confiança, os resultados vão trazendo isso, e essa confiança vai transformando, pouco a pouco".

Sobre o sistema adotado, Fernando Lázaro, que foi auxiliar de Sylvinho no Lyon-FRA e também trabalhou com ele na comissão técnica de Tite, na Seleção Brasileira, minimizou as mudanças apresentadas nos dois últimos jogos.

"Na Verdade, a equipe já atuou com três, com quatro (atrás). Fez três ou quatro jogos com linha de três, jogou muitas com linha de quatro, nesses dois últimos jogou com linha de quatro… É uma forma que muitos atletas participaram, o Sylvio já falou disso, gosta desse sistema, mas no Lyon, por exemplo, usamos linha de três também. Não é uma coisa definitiva. São coisas que vão sendo desenvolvidas e, passo a passo, vão se firmando".

Agora, Lázaro volta à sua função original e o Corinthians, no domingo, de novo em casa, mas contra o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro, já terá o substituto de Vagner Mancini a beira do campo.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade