PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Ex-presidente do Corinthians morre aos 101 anos

Alberto Dualib estava internado no Hospital Santa Catarina desde a primeira semana de junho

14 jul 2021 01h26
| atualizado às 07h33
ver comentários
Publicidade

Aos 101 anos de idade, Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians, faleceu nesta terça-feira no Hospital Santa Catarina, em São Paulo, onde estava internado desde a primeira quinzena de junho. O quadro de saúde e a causa da morte, no entanto, não foram revelados a pedido da família durante o período.

Alberto Dualib estava internado há cerca de um mês e acabou falecendo nesta terça-feira (Foto: Divulgação)
Alberto Dualib estava internado há cerca de um mês e acabou falecendo nesta terça-feira (Foto: Divulgação)
Foto: Lance!

Também ex-presidente do clube paulista, Andrés Sanchez utilizou seu perfil no Twitter para lamentar a morte de Dualib e prestar condolências aos familiares.

"Infelizmente, hoje nos deixou um grande corintiano que muitos reclamam, mas foi um grande presidente. Vá com Deus, amigo. Sabemos que sempre olhará pelo Corinthians, Alberto Dualib. Todos meus sentimentos aos amigos e familiares", declarou Andrés em sua rede social.

Histórico dirigente corintiano, Dualib presidiu o clube entre 1993 e 2007, quando renunciou antes de passar por um processo de impeachment que estava sendo articulado dentro do clube em decorrência das investigações por parte do Ministério Público envolvendo a parceria com a MSI.

Durante o período em que comandou o Corinthians, Dualib conquistou 12 títulos importantes: cinco Campeonatos Paulistas (1995, 1997, 1999, 2001 e 2003), um Torneio Rio-São Paulo (2002), duas Copas do Brasil (1995 e 2002), três Brasileiros (1998, 1999 e 2005) e um Mundial de Clubes (2000).

Confira a nota de pesar publicada pelo Corinthians:

"Com pesar, o Sport Club Corinthians Paulista cumpre o dever de informar o falecimento do ex-presidente Alberto Dualib, ex-dirigente e empresário esportivo, aos 101 anos. Ele estava internado no Hospital Santa Catarina desde junho deste ano. A causa da morte não foi informada.

Nascido em Glicério, município do interior paulista na região de Araçatuba, o descendente de imigrantes libaneses se mudou com a família para São Paulo aos 10 anos de idade. Nos anos 1940, tornou-se sócio corinthiano.

Antes de ser presidente do clube por 14 anos, foi vice-presidente de Patrimônio e Obras, presidente do Conselho Deliberativo, vice-presidente de Futebol e vice-presidente Social. Por ter ocupado a presidência, tornou-se membro nato do Cori (Conselho de Orientação).

Foi presidente do Corinthians de 1993 a 2007, ano em que renunciou ao cargo. Nos seus mandatos, o futebol profissional conquistou títulos do Campeonato Paulista (1995, 1997, 1999, 2001 e 2003), da Copa do Brasil (1995 e 2002), do Brasileiro (1998, 1999 e 2005), Torneio Rio-São Paulo (2002) e do Mundial de Clubes (2000).

Viúvo de Elvira Real Dualib desde 2011, Alberto deixa três filhos, além de netos e bisnetos. O Corinthians abraça os parentes e amigos do ex-dirigente neste momento de luto e dor"

Lance!
Publicidade
Publicidade