PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians vence o Santos e entra no G-4 do Brasileirão

Equipe de Sylvinho domina o rival e segue com 100% de aproveitamento atuando na Neo Química Arena desde o retorno do público ao estádio

21 nov 2021 18h02
| atualizado às 18h08
ver comentários
Publicidade
Jô, do Corinthians, comemora seu gol durante partida contra o Santos
Jô, do Corinthians, comemora seu gol durante partida contra o Santos
Foto: Ettore Chiereguini/AGIF / Gazeta Press

Com boa atuação, o Corinthians derrotou o Santos por 2 a 0, com gols de Jô e Gabriel, neste domingo, 21, na Neo Química Arena, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foi o primeiro reencontro do clube com o ex-técnico Fábio Carille. Com o resultado, o Corinthians assume a quarta posição, com 53 pontos, enquanto o Santos fica na 11ª posição, com 42.

Antes do apito inicial, os 22 jogadores em campo, além do árbitro Leandro Pedro Vuaden, se ajoelharam em manifestação contra o racismo. O Dia da Consciência Negra foi no último sábado e o futebol brasileiro registrou 51 casos de injúria racial em 2021.

O primeiro tempo foi de total domínio dos donos da casa. Aos seis minutos, em cruzamento de Fagner pela direita, Gabriel Pereira desviou de cabeça, mas o goleiro João Paulo encaixou a bola. O Corinthians ocupava em peso o campo de ataque e acuava o Santos.

Aos 13, quase saiu o primeiro gol. Em boa troca de passes entre Renato Augusto, Róger Guedes e Jô, o camisa 123, driblou Madson e saiu cara a cara com João Paulo, mas chutou em cima do goleiro santista e a bola saiu.

Empurrado pela torcida, a equipe de Sylvinho era melhor na partida e não deixava o Santos sair do campo de defesa. Em um erro de passe de Madson dentro da área, o Corinthians avançou e Róger Guedes finalizou para boa defesa de João Paulo.Aos 40, em rápido contra-ataque, Gabriel Pereira chutou rasteiro no meio do gol.

No minuto seguinte, veio enfim a primeira finalização do Santos na partida. Felipe Jonathan driblou Fagner na lateral e cruzou na área para Diego Tardelli testar para fora. Aos 40, o Corinthians chegou mais uma vez. Fagner avançou pelo meio, rolou para Jô, que só tinha o goleiro João Paulo à sua frente, mas o centroavante chutou com a perna direita por cima do gol.

Para a segunda etapa, Carille mexeu no Santos, que fez um primeiro tempo apático: trocou Madson e Pirani por Ângelo e Lucas Braga. Mas logo no primeiro minuto, saiu o gol corintiano. Du Queiroz cruzou rasteiro na área, Jô recebeu de costas para o gol, girou sobre o marcador e chutou para o fundo da rede para abrir o placar.

O Santos começou a sair mais para o jogo, mas sem conseguir levar perigo a Cássio. O Corinthians baixou o ritmo do primeiro tempo e chegou menos vezes ao gol adversário. Aos 24, Du Queiroz finalizou forte, mas a bola desviou na zaga e saiu.

A equipe santista avançou o time para o ataque, mas parava no sistema defensivo corintiano, que tem a terceira defesa menos vazada do Brasileirão. Aos 39, veio a confirmação da vitória. Em cruzamento na área, , agora garçom, ajeitou para Gabriel chutar firme e ampliar o placar.

Estadão
Publicidade
Publicidade