PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Corinthians tem 45 dias para pagar dívida de R$ 6,5 milhões a Boselli

Argentino recorreu à Fifa para conseguir os valores relacionados aos salários atrasados durante sua passagem de dois anos pelo Timão, que pode ser punido se não pagar

18 out 2021 20h25
| atualizado às 20h30
ver comentários
Publicidade

O Corinthians tem mais uma pendência para resolver fora dos gramados e desta vez há um prazo apertado para quitá-la. Segundo divulgou a ESPN e confirmou o LANCE!, Mauro Boselli recorreu à Fifa para receber valores de salários atrasados e conseguiu vitória na Câmara de Resoluções de Disputas da entidade. Assim, o Timão tem prazo de 45 dias para pagar R$ 6,5 milhões. Se não cumpri-lo, ficará sem poder registrar jogadores nas próximas janelas.

Boselli foi até a Fifa para cobrar os salários atrasados pelo Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Boselli foi até a Fifa para cobrar os salários atrasados pelo Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

TABELA

GALERIA

Segundo documento que contém a decisão do órgão da Fifa, o Alvinegro terá de desembolsar 1,176 milhão dólares R$ 6,484 milhões, com 5% de juros anuais em cima dos valores. Tudo em decorrência de salários atrasados.

Caso não cumpra com o pagamento em 45 dias, o Corinthians será punido pela Fifa enquanto não depositar os valores definidos pela entidade. O clube corre o risco de ser impedido de inscrever novos jogadores em até três janelas de transferências, o que valeria somente a partir de janeiro de 2022.

Boselli defendeu o Timão em duas temporadas, deixando o clube em dezembro de 2020, quando não teve seu contrato renovado já por conta da política de redução da folha salarial. Foram 72 jogos do argentino com a camisa alvinegra e 17 gols marcados. O atacante conquistou o título do Paulistão-2019.

Lance!
Publicidade
Publicidade