PUBLICIDADE
Logo do Corinthians

Corinthians

Favoritar Time

António Oliveira cutuca Palmeiras, e Abel reclama da arbitragem de jogo contra o Corinthians

Saiba quais foram as principais falas das coletivas dos técnicos

19 fev 2024 - 00h34
(atualizado às 08h18)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Lance!

Palmeiras e Corinthians empataram por 2 a 2, em clássico emocionante disputado neste domingo, 18, na Arena Barueri. Os treinadores abordaram questões pertinentes da partida válida pela nona rodada do Paulistão.

António Oliveira destacou a raça corintiana para buscar o empate nos últimos minutos do confronto, quando tinha dois jogadores a menos em campo. Ele aproveitou e "cutucou" o Verdão, dizendo que o rival abdicou de jogar.

"O adversário abdicou muito rápido do jogo, mas nós, como equipe guerreira, batalhadora, nunca desistimos. Essa é a cultura do Corinthians. Eu, como técnico, diretoria e torcedores estamos muito orgulhosos deles. (...) Queria dar uma palavra à torcida que compareceu à nossa saída. Como se costuma dizer: 'Aqui é Corinthians e jamais desistiremos'", disse António Oliveira, após o empate do Corinthians com o Palmeiras.

Do lado alviverde, Abel não ficou satisfeito com a reta final do jogo. Ele elogiou o desempenho do Verdão, mas apontou, em tom irônico, que a partida foi prejudicada na reta final pela atuação da arbitragem.

"Houve jogo até os 87 minutos, a seguir o adversário entra no jogo. O Cássio é expulso. O que aconteceu a seguir? Um livre (falta) para nós, um tiro de meta para o adversário. Desse tiro de meta, surge uma outra falta que demora quatro ou cinco minutos para tirar o Yuri Alberto. Dessa falta surgiu o gol. A seguir, bola ao centro e tivemos mais um escanteio. (...) Não houve mais jogo, nem sei se chegou a cinco minutos".

➡️ O QUE VEM POR AÍ?

O Palmeiras enfrenta o Mirassol no sábado, 24, e o Corinthians duela com a Ponte Preta no domingo, 25.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Publicidade