PUBLICIDADE
Logo do

Ceará

Favoritar Time

Ceará busca a virada diante do Independiente no Castelão pela Sul-Americana

Stiven Mendoza e Zé Roberto garantem vitória para equipe de Dorival Júnior na estreia do torneio

5 abr 2022 22h40
| atualizado às 22h40
ver comentários
Publicidade

Com uma expulsão de cada lado e de virada, o Ceará estreou com pé direito na Copa Sul-Americana, ao vencer o Independiente-ARG, por 2 a 1, na Arena Castelão, em Fortaleza. Mendoza e Zé Roberto marcaram os gols do time brasileiro no segundo tempo.

A vitória coloca o Ceará na liderança isolada do Grupo G, com três pontos. Ademais, o resultado positivo acontece justamente diante do adversário mais difícil da chave, o que torna o cenário bastante favorável aos brasileiros para buscarem a classificação à próxima fase. Apenas os líderes seguem na competição.

O Ceará atuou boa parte do primeiro tempo com um homem a mais, já que Ayrton Costa recebeu dois cartões amarelos em 11 minutos e acabou expulso pelo lado do Independiente. Ainda assim, o time brasileiro esteve muito abaixo e foi ao intervalo em desvantagem.

Aos 31 minutos, após erro na saída de bola, Togni recebeu bom lançamento, invadiu a área e encheu o pé, sem chances de defesa para o goleiro João Ricardo. Uma ducha de água fria no Ceará, que tinha mais posse de bola e buscava o primeiro gol na partida.

Ainda antes do intervalo, o técnico Dorival Júnior optou pela entrada de mais um atacante, com Erick substituindo Richard Coelho. E a estratégia deu certo no segundo tempo, com a virada do time cearense. Logo aos 13 minutos, após chute na entrada da área, a bola tocou no braço do jogador do Independiente e o árbitro marcou pênalti. Mendoza foi para a cobrança e não desperdiçou, marcando seu quinto gol na temporada.

Assim como o Independente, o Ceará também perdeu Nino Paraíba, expulso após o segundo amarelo. Ainda assim os donos da casa seguiram no ataque e marcaram o segundo gol. Aos 20, após escanteio da direita, Sebastián Sosa saiu mal do gol, a bola tocou em Zé Roberto e parou no fundo das redes.

Na frente do placar, o Ceará administrou o resultado e até chegou a marcar o terceiro gol aos 41 minutos, com Erick, mas o atacante estava em posição irregular. Vitória justa do time brasileiro, que foi mais efetivo no segundo tempo.

O Ceará volta a campo pela competição na próxima terça-feira para enfrentar o La Guaira, às 19h15, em Caracas, na Venezuela. No mesmo dia, mas às 21h30, o Independiente receberá o General Caballero, em Buenos Aires, na Argentina.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2 X 1 INDEPENDIENTE-ARG

CEARÁ - João Ricardo; Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco; Richard Coelho (Erick), Rodrigo Lindoso, Fernando Sobral (Richardson), Vina (Michel) e Lima (Zé Roberto); Mendoza (Iury Castilho). Técnico: Dorival Júnior.

INDEPENDIENTE-ARG - Sebastián Sosa; Asís, Laso, Ayrton Costa e Lucas Rodriguez; Soñora (Ostachuk), Lucas Romero (Benavidez), Blanco (Poblete) e Roa; Benegas e Togni. Técnico: Eduardo Domínguez.

GOLS - Togni, aos 31 minutos do primeiro tempo; Mendoza (pênalti), aos 15, e Zé Roberto, aos 20 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leodán González (URU).

CARTÕES AMARELOS - Fernando Sobral e Mendoza (Ceará); Asís e Blanco (Independiente).

CARTÕES VERMELHOS - Nino Paraíba (Ceará); Ayrton Costa (Independiente).

PÚBLICO E RENDA - Não divulgados.

LOCAL - Arena Castelão, em Fortaleza (CE).

Estadão
Publicidade
Publicidade