0

Pelé ri sobre favoritas da Copa, indica candidatos e torce por Colômbia

21 nov 2013
14h15
atualizado às 16h04
  • separator
  • 0
  • comentários

Pelé encarou com bom humor e uma certa dose de cautela as muitas perguntas que recebeu, nesta quinta-feira, sobre a próxima Copa do Mundo. No passado, as apostas renderam polêmicas: em 1994, disse que a Colômbia era candidata ao título, mas não passou da primeira fase. Em 2002, deixou a Seleção Brasileira de fora dos favoritos e gerou certo mal estar no grupo que era dirigido por Luiz Felipe Scolari.

Desta vez, Pelé preferiu ficar na defensiva, mas destacou a temporada convincente da Seleção em 2013 e se disse na torcida pelo hexacampeonato. Por outro lado, listou Espanha e Alemanha como as rivais mais fortes, e lembrou da necessidade de se respeitar a Argentina e a Itália. Sobre os colombianos, brincou e se disse na torcida. Outra possibilidade que agradaria a ele, admitiu, é de se repetir 1950 com um Brasil x Uruguai no Maracanã.

Abaixo, confira todos os principais temas abordados por Pelé em sua participação com jornalistas em evento realizado em São Paulo. Ele ainda comentou sobre Neymar, Robinho, Ronaldinho, o recorde que Rogério Ceni irá quebrar e até sobre a possibilidade de greve de jogadores na reta final do Campeonato Brasileiro. Confira as principais declarações:

Seleção Brasileira favorita?
"É bem arriscado para garantir, mas para dar confiança é muito bom. Não diria que (o Brasil) vai ser campeão, mas gostaria que fosse campeão e vou fazer tudo para que seja. Tem equipes bem montadas, vi duas ou três partidas da Alemanha, é uma candidata para as finais. Não pode esquecer a Argentina, a Itália. (...) A Espanha, base do Barcelona, e a Alemanha, podem ser as finalistas"

Apostas polêmicas em seleções
"Na época (1994) a Colômbia estava bem, como a Alemanha agora. O Brasil era a melhor em 82 e perdeu, e eu apostava no Brasil também. Vocês perguntam, tenho que responder. (...) Perguntaram quais (seleções) vi que estavam bem (em 1994). Se não ganharam, é bom que lembrem disso (da aposta da época). Mas espero que a Colômbia faça um Mundial (gargalhadas)

Modelo comete gafe e entrega troféu de Pelé a Djalminha
Seleção Brasileira em 2013
"(Está) Um pouco diferente (do que era com Mano Menezes). Acho que em pouco tempo, pela necessidade, o Felipe (Scolari) e o Parreira conseguiram fazer uma Seleção com padrão. Pela primeira vez na história de uma Copa do Mundo, o Brasil sai com defesa mais organizada que ataque. Nessa Seleção, com certeza nossa defesa, do meio para trás, estamos muito bem e temos peça do mesmo nível para repor"

Mudança da Seleção com Felipão
"Pelo menos nesse pouco tempo que o Felipão pegou a Seleção, a moral dos jogadores, o ambiente é maravilhoso e a confiança da torcida está voltando. Isso é muito bom. É um momento importante da Seleção, felizmente já temos um padrão de jogo, isso é bom, tudo indica que vamos fazer um bom Mundial"

Retorno de Robinho à Seleção
"É um peça que tem que estar entre os 22, sem dúvida nenhuma. Já ficou melhor, mais organizado, com a entrada dele. Ele precisa estar em boas condições para jogar o tempo todo. Mas se estiver bem fisicamente, pode ser convocado"

Ronaldinho na Seleção
"O Ronaldinho não está bem fisicamente, mas tem experiência, pode ser convocado. É um jogador com essa característica (de armador). Se estiver bem, pode ser convocado"

Revanche do Maracanazo
"Precisamos saber se o Uruguai vai chegar na final. Vamos fazer tudo para o Brasil chegar na final. Está gravado na minha memória, não sai mais, vi meu pai (Dondinho) chorando porque o Brasil perdeu a Copa de 1950. Ninguém poderia pensar ou esperar que o Brasil perderia a Copa para o Uruguai. Seria até bom para uma revanche, se o Uruguai fosse para a final com o Brasil (risos)"

"Zidane foi melhor que Messi", afirma Pelé

Crescimento de Neymar no Barcelona
"Falei que na Inglaterra, pelo físico, seria difícil para ele. O Barcelona caiu certinho para ele, é um estilo latino de jogar, uma equipe bem montada, esses meses vão ser bom para ele na Seleção e virá com uma experiência bem maior. O Neymar foi privilegiado, de Deus colocar ele no Barcelona, e para o Brasil será muito bom"

Protestos durante a Copa das Confederações e eventualmente na Copa do Mundo
"É prejudicial ao Brasil, ao que tem de grande momento que são esses eventos. O que aconteceu na Copa das Confederações, o Brasil já passou. Não podemos perder a oportunidades desses momentos para o Brasil crescer"

Possível greve dos jogadores em razão do Bom Senso FC
"Não acho que possa acontecer. Os jogadores vão ter um pouco de cabeça e não vão querer complicar"

Recorde que será quebrado por Rogério Ceni
"Isso é fidelidade. Fomos fiéis. Não sei se o Rogério teve as mesmas propostas, os mesmos convites para jogar fora como tive. Todo ano tinha proposta para sair, mas estava bem no Santos e fiquei. Ele bateu (o recorde) e é bom porque ninguém lembrava mais disso. Se todos os recordes que eu bati e que Deus me deu oportunidade de fazer, se tiver um brasileiro, que seja brasileiro sempre, é bom porque vai renovando os meus feitos para os mais jovens"

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade