PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Favoritar Time

Pela 1ª vez na Seleção principal, Gerson agradece oportunidade e destaca postura da equipe

O meia ex-Flamengo entrou após o intervalo e ajudou o Brasil a superar o Chile. O 'Coringa' falou sobre o sentimento de estrear na Seleção principal e a importância da vitória

3 set 2021 01h31
| atualizado às 02h03
ver comentários
Publicidade

A Seleção Brasileira não encantou, mas conseguiu superar o Chile por 1 a 0 nas Eliminatórias e segue com 100% de aproveitamento, na liderança da competição. O Brasil pode não ter sido brilhante, mas o jogo foi especial para Gerson. O meia ex-Flamengo entrou após o intervalo, na vaga de Bruno Guimarães, e fez sua estreia na Seleção principal. O 'coringa' comentou sobre essa oportunidade.

Meia ex-Flamengo entrou na segunda etapa da vitória do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Meia ex-Flamengo entrou na segunda etapa da vitória do Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Foto: Lance!

- Primeiramente, agradeço a Deus. Muito feliz em vestir a camisa da Seleção principal, ainda mais em um jogo difícil, com uma vitória. Sabíamos que seria complicado, e espero continuar - disse.

Agora no Olympique de Marselha, da França, o meia contou com a confiança de Tite na segunda etapa e ajudou a equipe a conseguir a vitória.

- O Tite pediu que eu fizesse o que eu faço, jogando com tranquilidade. Ele passou muita confiança, e isso me ajudou bastante. Me senti confortável, mas claro que ainda tenho que melhorar, continuar evoluindo e melhorando, pois nunca estamos 100% - ponderou Gerson.

A temperatura e os ânimos esquentaram no segundo tempo, e Gerson destacou a garra da equipe para competir na partida e a importância do resultado.

- Muito importante sair vitorioso. Isso mostra que nosso time está focado, não apenas na qualidade como na vontade. Quando o time tem qualidade e impõe garra e vontade, fica sempre mais fácil de jogar e competir. No futebol, nem sempre conseguimos ganhar só com a qualidade - afirmou.

Perguntado sobre a possibilidade de iniciar a partida contra a Argentina, no domingo (5), às 16h, Gerson despistou e disse estar focado para melhorar.

- Eu tenho que pensar em continuar trabalhando. Se for para acontecer, estou preparado. Sigo trabalhando forte, pois quem está jogando tem muita capacidade - concluiu.

Lance!
Publicidade
Publicidade