PUBLICIDADE
Logo do

Seleção Brasileira

Meu time

Emerson Royal exalta união do grupo e elogia "briga sadia" com Danilo pela lateral do Brasil

8 out 2021 09h38
| atualizado às 09h38
ver comentários
Publicidade

Na quinta-feira, a Seleção Brasileira venceu a Venezuela, por 3 a 1, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo. Em entrevista coletiva, o lateral-direito Emerson, que entrou no lugar de Danilo no final do segundo tempo, exaltou a união do grupo para virar o placar e falou sobre a concorrência com o companheiro pelo setor.

Para o jogador do Tottenham, que disputou a 5ª partida com a Amarelinha, "o que ficou de bom é o grupo": "A gente vê a importância do coletivo, nem sempre quem começa é o mais importante. Sabemos da qualidade de todos e o que levamos do jogo de hoje é isso: a união do grupo."

"Entramos um pouco diferente da forma que a gente gosta de entrar, com uma intensidade boa. Hoje não foi o caso, mas viemos para o intervalo e conversamos com o professor. Ele nos orientou e a gente pôde reverter o placar", analisou, mencionando a importância do técnico Tite.

Emerson falou sobre a concorrência com Danilo pela lateral direita do Brasil: "Acho que é uma briga sadia, o futebol é isso. O Danilo é um ótimo jogador e uma ótima pessoa, me ajudou muito nesse período que eu passei pela Seleção, me orienta bastante."

Por fim, ele também citou o amadurecimento gerado a partir de situações adversas dentro de campo: "Acho que o futebol é isso: a gente tem que passar por esses momentos. Aqui tem jogadores de altíssimo nível, e sabemos reverter o placar. A gente sabe que o jogo não termina no primeiro tempo, nem quando toma um gol. É bom que aconteça agora, para a gente chegar mais preparado na Copa do Mundo."

Líder das Eliminatórias com 100% de aproveitamento, o Brasil volta a campo no domingo, às 18h00 (de Brasília), quando enfrenta a Colômbia fora de casa.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade