1 evento ao vivo

Cannavaro critica Brasil: “nunca vi uma equipe chorar tanto”

3 jul 2014
11h16
atualizado às 12h19
  • separator
  • comentários

Capitão da Itália em 2006, responsável por levantar a taça do tetra mundial italiano, Fábio Cannavaro fez duras críticas à Seleção Brasileira e à Copa do Mundo. Em entrevista ao jornal espanhol AS, o ex-zagueiro disse que ainda não viu bom futebol e que as equipes estão mal tanto no ataque quanto na defesa. “Já foram mais de 150 gols, e é certo que no Brasil as pessoas gostam de alegria e gols, mas eu acho que isso não é sinônimo de bom futebol. Nas oitavas de final, com prorrogação, subiu um pouco o nível de emoção”.

Principais nomes do Brasil mostraram estar extremamente sensibilizados durante a Copa do Mundo
Principais nomes do Brasil mostraram estar extremamente sensibilizados durante a Copa do Mundo
Foto: Fabrice Coffrini / AFP

Quer acompanhar as notícias e jogos da sua seleção? Baixe nosso app. #TerraFutebol

Sobre ser uma Copa das Américas, já que cinco times sul-americanos se classificaram às oitavas – Brasil, Colômbia, Chile, Argentina e Uruguai - , Cannavaro disse que é necessário ter atenção com os europeus Holanda, França e Alemanha, e que Brasil e Argentina tem apenas Neymar e Messi.

A Seleção Brasileira, no entanto, recebeu fortes críticas do ex-jogador pelo choro antes da cobrança dos pênaltis contra o Chile, que garantiu vaga às quartas. “Nunca vi um time tão chorão. Posso entender a pressão, mas isso passa quando se tem personalidade forte. Se você tem personalidade você domina a pressão”.

Ele reforçou que a pressão é grande sobre o Brasil, por jogar em casa, mas garante que todas as equipes passam por isso e não choram a todo tempo. Além disso, destacou que a Seleção tem chorado quando ganha e questionou: “e se perder, como será? Eles vão se matar? Tem que fugir da pressão. Se enfrentarem a Argentina na final, no Maracanã, os brasileiros irão cagados”. 

Veja os gols em 3D da Copa Veja os gols em 3D da Copa

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade