PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul
Logo do Seleção Belga

Seleção Belga

Favoritar Time

Courtois defende pênalti de Davies, e Bélgica estreia com vitória sobre o Canadá

23 nov 2022 - 17h58
(atualizado às 18h22)
Compartilhar
Exibir comentários

A Bélgica não teve um jogo fácil, mas conseguiu vencer em sua estreia na Copa do Mundo, contra o Canadá. No Ahmad Bin Ali Stadium, as seleções se enfrentaram pela primeira rodada do Grupo F. Após Courtois defender um pênalti cobrado por Davies na primeira etapa, os belgas venceram por 1 a 0, com gol de Batshuayi.

O bom resultado coloca a Bélgica na liderança do Grupo F, com três pontos. A seleção belga enfrenta o Marrocos na segunda rodada, no domingo, às 10h (de Brasília). Caso vença, a equipe garante uma vaga nas oitavas de final da Copa do Mundo.Os marroquinos empataram com a Croácia em sua estreia e precisam de uma vitória para se complicarem na briga pela classificação.

Sem pontuar e com o empate na outra partida do grupo, o Canadá assume a lanterna. Com mais uma derrota, a seleção dá adeus a disputa da Copa do Mundo.Seu próximo desafio será contra a segunda colocada Croácia, no domingo, às 13h.

Canadá pressiona, mas Bélgica consegue marcar

Os primeiros minutos foram de intensa pressão canadense. Aos 9 minutos o Canadá conseguiu um escanteio após a finalização de Jonathan David ser travada pela defesa. Após a cobrança, Buchanan chutou e a bola explodiu na defesa. Com o auxílio do VAR, o árbitro constatou que a bola pegou na mão de Carrasco e o pênalti foi assinalado.

Alphonso Davies foi para a cobrança. O canadense bateu no canto esquerdo, mas não pegou bem e o chute acabou saindo fraco. Ao acertar o canto, Courtois espalmou. A bola chegou a voltar para Davies, que não conseguiu dominar e viu seu companheiro Jonathan David mandar o rebote por cima do travessão.

Aos 12 minutos, Hazard tinha a bola dominada na entrada da área, mas Buchanan estava atento e roubou. Após o domínio, o atacante foi derrubado e sua equipe pediu pênalti. O árbitro, porém, assinalou um impedimento. A marcação gerou muita revolta dos canadenses, já que o passe saiu de um jogador da Bélgica. O Canadá seguiu marcando com as linhas muito altas, dificultando muito as construções de jogadas da Bélgica.

Os europeus tiveram a primeira oportunidade de marcar aos 22 minutos, mas Batshuayi foi travado por Miller. Os canadenses agrediram outras vezes, mas em nenhuma delas a finalização saiu limpa para o gol, sempre desviando na defesa.

Em uma das poucas chances criadas na etapa, os belgas conseguiram balançar as redes. Aos 43, Alderweireld deu um belo lançamento do campo de defesa que chegou aos pés de Batshuayi. O atacante dominou nas costas dos defensores adversários  e bateu cruzado com muita força. O goleiro Borjan chegou a encostar na bola, mas não conseguiu impedir o gol.

Na volta do intervalo, o Canadá seguiu em busca de seu gol. Logo de cara, aos 2 minutos, Eustáquio aplicou uma caneta em De Bruyne e cruzou para a área. Jonathan David subiu para cabecear, mas não conseguiu acertar a meta. Eustáquio teve outra oportunidade aos 4, mas sua finalização de fora da área acabou passando à direita do gol de Courtois.

A primeira grande chance da Bélgica saiu aos 21, quando De Bruyne carregou a bola no contra-ataque e tocou para a chegada de Batshuayi. O atacante não se deu conta que a marcação estava se aproximando e demorou para finalizar. Com isso, a defesa teve tempo para travar o chute. De Bruyne cresceu na partida e criou outras chances na sequência. Todas desperdiçadas por Batshuayi.

Na reta final, a Bélgica passou a apostar na habilidade de Trossard, que entrou no lugar de Hazard. Aos 41, o atacante disparou em direção a área e chegou na linha de fundo, mas se atrapalhou com a bola e cedeu o tiro de meta. O Canadá ameaçou com cruzamentos para a área, porém não conseguiu finalizar nenhuma delas.

FICHA TÉCNICA

BÉLGICA X CANADÁ

Local: Ahmad Bin Ali Stadium, em Al-Rayyan (Catar)

Data: 23 de novembro de 2022 (quarta-feira)

Horário: 16h (de Brasília)

Árbitro: Janny Sikazwe (Zâmbia)

Assistentes: Jerson Dos Santos (Angola) e Arsenio Maringule (Moçambique)

VAR: Juan Soto (Venezuela)

Cartões amarelos: Carrasco, aos 8′ do 1T, Meunier, aos 7′ do 2T e Onana, aos 11′ do 2T (Bélgica); Davies, aos 35′ do 2T e Johnston, aos 37 do 2T (Canadá);

Gols: Batshuayi, aos 43′ do 1T (Bélgica);

BÉLGICA: Courtois; Alderweireld, Vertonghen e Dendoncker; Castagne, Witsel, De Bruyne e Tielemans (Onana); Carrasco (Meunier), Batshuayi (Openda) e Hazard (Trossard).

Técnico: Roberto Martínez

CANADÁ: Borjan; Johnston, Steven Vitória e Miller; Laryea (Adekugbe), Hutchinson (Koné), Eustáquio (Osorio) e Hoilett (Larin); Buchanan (Millar), Davies e Jonathan David;

Técnico: John Herdman

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Publicidade