PUBLICIDADE

Flamengo e Brasília rechaçam favoritismo amplo, e abrem NBB neste sábado

8 nov 2013 13h29
| atualizado às 13h34
ver comentários
Publicidade
<p>Flamengo venceu a última edição do NBB, em final única</p>
Flamengo venceu a última edição do NBB, em final única
Foto: Daniel Ramalho / Terra

Flamengo e Brasília vêm sendo os protagonistas do basquete brasileiro nos últimos anos. Donos dos últimos cinco títulos nacionais, os clubes fazem neste sábado o duelo que vai marcar a abertura de mais uma temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). Integrantes das equipes admitem o favoritismo ao título, mas garantem que a briga não estará restrita apenas a eles.

O veterano ala Marcelinho Machado, do Flamengo, rebateu a teoria de que o título deve ficar, novamente, na mão das duas equipes. O Flamengo é o atual campeão. Para ele, se os números forem analisados friamente, pode-se chegar à conclusão de que Brasília e o time rubro-negro carioca são os grandes favoritos. Mas ele alertou que, na prática, as duas equipes vêm encontrando cada vez mais dificuldades, e que outros times podem levantar a taça.

Veja enterrada de mais de 4 metros de altura no basquete:

"No último NBB, por exemplo, Brasília caiu na semifinal. Não é bem assim, o nível está cada vez mais elevado", afirmou, durante evento de apresentação do NBB 2013/2014, no Rio de Janeiro. Treinador do Brasília, Sergio Hernandez avaliou que outras equipes são favoritas ao título, além de Brasília e Flamengo. Para ele, São José e Bauru, por exemplo, têm condições de desbancar os dois times que vêm dominando o basquete nacional nos últimos anos.

O técnico do Flamengo, José Neto, ressaltou que nem sempre o fato de se ter os melhores jogadores garante a formação de uma grande equipe. Ele citou o exemplo da seleção mexicana que conquistou a última Copa América. Neto lembrou que ninguém apostava nos mexicanos antes da competição.

"Basquete é isso, a tendência é essa. Nem sempre ganha quem tem os melhores jogadores, mas a melhor equipe". Flamengo e Brasília abrem o campeonato neste sábado, às 10h, na HSBC Arena. Serão 17 equipes de seis estados brasileiros. Os times se enfrentarão em dois turnos na fase de classificação. Os 12 melhores passam para a próxima fase. Os playoffs começarão no dia 9 de abril, e a final está prevista para o dia 31 de maio.

Na nova temporada, o NBB vai permitir que um jogador que já tenha atuado por uma equipe se transfira para outra, desde que não tenha feito mais do que oito jogos no campeonato. A mudança só será permitida até o final do primeiro turno. É a primeira vez que essa regra é autorizada.

Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade