PUBLICIDADE

Irritada, diretoria do Nets ouviria propostas por Kyrie Irving

Astro possui opção em seu contrato para a temporada 2022-23 e pode ser agente livre ao fim da próxima campanha

23 jun 2021 14h02
ver comentários
Publicidade

A eliminação do Brooklyn Nets parece já surtir efeito. De acordo com o jornalista Matt Sullivan, do Bleacher Report, a diretoria do Nets estaria irritada com as atitudes de Kyrie Irving e poderia ouvir propostas pelo astro já na offseason. O GM Sean Marks teria ficado desapontado com o armador em diversas situações, mas o "sumiço" em janeiro e a presença de Irving em uma festa sem máscara, seriam os principais motivos.

Kyrie Irving
Kyrie Irving
Foto: Nathaniel S. Butler / AFP / Jumper Brasil

Sullivan informou que a "pausa" unilateral de Irving na época deixou a diretoria preocupada com sua motivação em jogar basquete e que Marks estaria preparado para ouvir possíveis propostas de outras equipes pelo atleta. O camisa 11 teve duas ausências entre os dias 7 e 18 de janeiro, causando a perda de sete partidas. A NBA o multou em US$50 mil na época, por violar os protocolos de saúde e segurança da liga e, na sequência, ele perdeu cerca de US$800 mil em salários por perder dois jogos e quarentena.

Quando retornou às quadras, Irving afirmou ter deixado a equipe para cuidar de assuntos familiares. Ele foi visto em uma festa de sua irmã, sem fazer o uso de máscara e sem preocupação em ser fotografado, o que irritou Marks ainda mais. Em março, o jogador pediu mais uma vez para não jogar, alegando questões pessoais.

Com contrato até 2021-22, Irving possui opção em seu acordo para o ano seguinte, no valor de US$36.5 milhões, situação similar a Kevin Durant e James Harden. Os três podem deixar seus vínculos ao fim da próxima campanha.

Eliminado pelo Milwaukee Bucks na sétima partida da semifinal do Leste, o Nets não contou com Irving, por conta de lesão no tornozelo. Ele participou, no total, de 54 das 72 partidas na temporada 2020-21 e obteve médias de 26.9 pontos, 6.0 assistências, 4.8 rebotes, 1.4 roubada, além de aproveitamento de 40.2% nos arremessos de três. Nos playoffs, ele produziu 22.7 pontos e 5.8 rebotes e nove embates.

Jumper Brasil
Publicidade
Publicidade