PUBLICIDADE
URGENTE
Saiba como doar qualquer valor para o PIX oficial do Rio Grande do Sul
Logo do Bahia

Bahia

Favoritar Time

Jogadores do Bahia defendem Ceni após classificação na Copa do Nordeste

Cobrado pela torcida após a derrota na final do Campeonato Baiano, o técnico Rogério Ceni tem o apoio dos jogadores do Bahia.

11 abr 2024 - 08h03
(atualizado às 08h03)
Compartilhar
Exibir comentários
Bahia
Bahia
Foto: Divulgação/Bahia / Esporte News Mundo

Bahia estancou o sangramento do vice-campeonato estadual e e garantiu a classificação para a semifinal da Copa do Nordeste.

(
(
Foto: Felipe Oliveira/Bahia / Esporte News Mundo

Ceni foi cobrado pela torcida após derrota para o Vitória na final do Campeonato Baiano, mas o técnico Rogério Ceni tem o apoio dos jogadores do Bahia. Foi o que garantiram, nesta quarta-feira (10), o lateral-direito Cicinho, o meia Jean Lucas e o zagueiro Gabriel Xavier.

Os três atuaram na classificação do Esquadrão de Aço para a semifinal da Copa do Nordeste. Em jogo disputado na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA).

"Todo mundo tem plena confiança no trabalho dele. Vem se provando, no decorrer do ano, a evolução do nosso time, que joga um futebol bonito, faz muito gol. É normal a torcida ficar chateada com o resultado da final do Baiano. Já tivemos que nos reerguer, tanto que fizemos um jogo muito bom hoje", declarou Cicinho, de volta após se recuperar de lesão.

Autor de um dos gols, o meia Jean Lucas destacou que vive sua fase mais artilheira da carreira sob o comando de Ceni. Em 18 jogos pelo Bahia, o jogador marcou em cinco oportunidades, melhor marca de uma temporada.

"Com ele, estou evoluindo muito. Não fazia muitos gols na minha carreira. Ele vem me ajudando muito e ajudando todo o elenco. O resultado [no Campeonato Baiano] não veio, não conseguimos ser campeões. Mas é normal a torcida cobrar. Nós, jogadores, também temos responsabilidade. Agora é dar sequência ao trabalho", disse.

Já o zagueiro Gabriel Xavier, titular nesta quarta, disse entender as cobranças da torcida, mas destacou que é difícil tomar as deciões do Ceni

"É muito difícil ser treinador e fazer as escolhas no calor do jogo. Ele fez as escolhas que tinham que ser feitas. Todo mundo está tranquilo em relação ao trabalho. Estamos unidos, focados e confiantes. Vamos continuar firmes ao longo do ano", disse.

O time Ceni tem um compromisso importante já no próximo sábado (13). A equipe estreia na Série A do Campeonato Brasileiro diante do Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), às 18h30 (de Brasília).

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade