5 eventos ao vivo

Hamilton festeja vitória 'mental e física' e se diz aliviado por ver Grosjean bem

No Bahrein, piloto britânico alcançou sua 95.ª vitória na carreira

29 nov 2020
19h08
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Lewis Hamilton passou por um dos maiores desafios da carreira neste domingo, no GP do Bahrein de Fórmula 1. Numa pista extremamente dura e desgastante, teve de desafiar o físico e ainda o seu psicológico após presenciar grave acidente de Romain Grosjean. Comemorou uma vitória "mental e física" mostrando alívio por nada de pior ter acontecido com o rival francês.

"Foi realmente muito exigente fisicamente. Esta pista sempre foi física. Você tem muitas curvas de alta velocidade, então eu definitivamente estava sentindo", afirmou o piloto da Mercedes, após somar o 11º triunfo na temporada. "Acho que, com a pausa que tivemos no início, a mentalidade muda. Você tem um bom começo e, então, aquela espera de 45 minutos a uma hora dificulta tudo. Mexe com a mentalidade. Tudo ficou bastante complicado."

Mesmo com as dificuldades, Hamilton conseguiu segurar a pressão de Max Verstappen para cruzar a linha de chegada em primeiro. A comemoração foi em forma de alívio por ver Grosjean bem.

"Estou tão grato que o Halo funcionou. Poderia ter sido muito pior", admitiu, impressionado com o acidente que parou a corrida logo no início. "Acho que é um lembrete para nós. E para as pessoas que estão assistindo, de que é um esporte perigoso", advertiu. "Estamos indo até o limite e, jogando com esse limite, há riscos. Temos de respeitar isso."

Na próxima semana, novamente no Bahrein, Hamilton pode superar seu número de vitórias em uma única temporada. Por enquanto, tem 11, igualando seu melhor resultado.

Neste domingo, ele colocou o triunfo na conta da equipe. "Estávamos escorregando muito e eu não tinha certeza de como seria no final, mas estou imensamente grato. Grato à minha equipe porque no final do dia eles fizeram um ótimo trabalho com a estratégia. Que privilégio poder obter outro resultado como este."

Veja também:

Os segredos da Red Bull para bater a Mercedes
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade