0

Vettel bate em muro e Leclerc lidera treino em Mônaco

Dono da casa Charles Leclerc foi o mais rápido do terceiro treino livre do Grande Prêmio de Mônaco da Fórmula 1, com tempo de 1m11s265

25 mai 2019
08h15
atualizado às 09h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Dessa vez deu Ferrari. Na manhã deste sábado, o dono da casa Charles Leclerc foi o mais rápido do terceiro treino livre do Grande Prêmio de Mônaco da Fórmula 1, com tempo de 1m11s265.

Charles Leclerc, da Ferrari, durante o treino em Mônaco
Charles Leclerc, da Ferrari, durante o treino em Mônaco
Foto: Gonzalo Fuentes / Reuters

A segunda colocação ficou com Valtteri Bottas, da Mercedes, com 1m11s318. Companheiro de equipe do finlandês, Lewis Hamilton fechou em terceiro, com tempo de 1m11s478.

Sebastian Vettel, por sua vez, perdeu o controle na Sainte Devote e se chocou contra o muro. A batida não foi muito forte, mas a Ferrari ficou danificada na parte dianteira e o alemão teve de abandonar a sessão, terminando assim no modesto 14° lugar.

Os pilotos voltam a entrar em ação às 10h (horário de Brasília) deste sábado para a realização do treino classificatório. A corrida está marcada para domingo, às 10h10.

O primeiro piloto a marcar tempo foi George Russel, cravando 1m22s611. Na sequência, Daniil Kvyat, Daniel Ricciardo e Alexander Albon também fizeram voltas rápidas, mas logo Valtteri Bottas assumiu a liderança com 1m12s238.

Ainda no início da atividade, Sebastian Vettel perdeu o controle na Sainte Devote, não conseguiu fazer a curva e se chocou contra o muro. A batida não foi muito forte e o alemão saiu tranquilamente do carro, mas a Ferrari ficou danificada na parte dianteira, obrigando assim o piloto a abandonar a sessão. Sua participação no treino classificatório, contudo, não deve correr riscos.

Na sequência, após o safety car virtual, Lewis Hamilton assumiu a liderança, marcando 1m12s034. Max Verstappen era o segundo mais rápido, a 0s142 do britânico.

Quando tudo parecia se encaminhar para mais um monólogo da Mercedes, Charles Leclerc, o dono da casa, anotou 1m11s265 para assumir a ponta da tabela de tempos. Logo depois, Lance Stroll perdeu o controle na Saint Devote, mesma curva do acidente de Vettel, mas conseguiu jogar o carro para a área de escape e saiu sem maiores problemas.

Faltando pouco menos de cinco minutos para o final da sessão, Lewis Hamilton ainda trocou seus pneus e foi à pista tentando uma volta rápida, mas não conseguiu superar Charles Leclerc e a liderança ficou mesmo com o monegasco da Ferrari.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade