0

Ricciardo surpreende e faz melhor tempo no 1° treino livre para o GP do Bahrein

6 abr 2018
09h42
atualizado às 10h11
  • separator
  • comentários

O primeiro treino livre do GP do Bahrein foi marcado por uma surpresa. Apesar de Lewis Hamilton e Valtteri Botas ficarem por boa parte na liderança, o australiano Daniel Ricciardo, piloto da Red Bull, conseguiu o tempo de 1m31s060 e com isso teve a melhor marca da atividade.

O GP do Bahrein será o segundo da temporada da Fórmula 1 em 2018. No último fim de semana de março, os pilotos estrearam no GP da Austrália e apesar das críticas ao longo de 2017 e no começo deste ano, a corrida, que teve como vencedor o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, foi marcada por forte equilíbrio.

O Treino - A atividade começou com os pilotos esperando a hora certa para sair dos boxes e tentar os melhores tempo. Faltando pouco menos de 40 minutos para o fim do primeiro treino livre, Romain Grosjean teve uma excelente volta e ultrapassou a marca de Hamilton, ficando na liderança da primeira atividade no Bahrein. Ao mesmo tempo, Kevin Magnussen, também com os pneus supermacios, conseguiu o terceiro melhor tempo.

Porém, o momento de exaltação de Grosjean durou pouco, já que o próprio Hamilton ultrapassou a marca conquistada pelo piloto francês da Haas e logo em seguida Valtteri Bottas, companheiro de equipe do atual campeão, teve ótimo desempenho e chegou à marca de 1m31s364, 0s908 à frente do britânico.

Com menos de 20 minutos para o término do primeiro treino livre, os dois pilotos da Ferrari, Sebastian Vettel e Kimi Räikkönen, ultrapassaram Hamilton e deixaram o tetracampeão na quinta colocação, resultado até aquele momento abaixo do esperado pela Mercedes. No entanto, nenhum dos pilotos que tiveram destaque até então conseguiu a liderança da atividade. Restando pouco mais de 10 minutos, o australiano Daniel Ricciardo deixou os boxes e registrou o melhor tempo, 1m31s060.

Curiosamente, o ótimo resultado de Ricciardo acontece depois do piloto da Red Bull ter sido penalizado antes do GP da Austrália, o primeiro da temporada de 2018 da Fórmula 1. Na ocasião, o australiano perdeu três posições no grid de largada e dois pontos na carteira por conduzir seu carro acima do mínimo de velocidade estipulada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) após a imposição da bandeira vermelha durante o segundo treino livre.

Confira os cinco primeiros pilotos do 1° treino-livre:

- Daniel Ricciardo  (australiano)  - Equipe: Red Bull

- Valtteri Bottas (finlandês) - Equipe: Mercedes

- Lewis Hamilton (britânico)  - Equipe: Mercedes

- Kimi Räikkönen (finlandês) - Equipe: Ferrari

- Sebastian Vettel (alemão) - Equipe: Ferrari

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade