0

Pai diz que desempenho de Stroll na pista "justifica em 100%" presença na Fórmula 1

Lawrence Stroll, pai de Lane, garante que o filho não está na Aston Martin por sua relação familiar. Para ele, o talento foi provado na pista em 2020

13 jan 2021
12h02
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Lawrence Stroll comprou uma equipe para o próprio filho correr na F1
Lawrence Stroll comprou uma equipe para o próprio filho correr na F1
Foto: Racing Point / Grande Prêmio

Um dos comentários fixos no bate-papo sobre Fórmula 1 em todo o mundo é o de que Lance Stroll só tem vaga no grid graças ao dinheiro do pai, Lawrence. Ele, de fato, é um dos donos da Aston Martin, equipe pela qual filho compete.

Mas, para Lawrence, isso é mentira. Em entrevista ao site Race Fans, o bilionário afirmou que o desempenho na pista mostrado pelo filho prova que ele merece, sim, estar na F1.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! .

Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Lance Stroll conquistou dois pódios. em 2020 (Foto: Racing Point)

"Ano passado ele fez pole na chuva, e todos sabemos que na chuva é tudo sobre o piloto. Isso diminui a vantagem do carro e coloca tudo nas mão do piloto. E ele fez a pole no molhado na Turquia, então isso fala por si só e em alto e bom som. Liderou a corrida por 30 voltas", comentou o pai de Lance.

"Ele conseguiu dois pódios (Itália e Sakhir), e deveria ter vencido em Monza se não fosse pela relargada, quando reiniciaram a corrida com ele do lado sujo da pista. Todos sabemos o que isso significou, ele derrapou, mas mesmo assim se recuperou e foi ao pódio", seguiu.

Lawrence ainda afirmou que, como a Fórmula 1 é um negócio, não arriscaria tudo só para ter o filho em sua equipe: "Isso aqui é a Aston Martin."

"Para um jovem de 22 anos, conseguir o que ele já conseguiu, ele demonstra com seu desempenho que merece estar aqui. Seu desempenho na pista justifica em 100% sua presença. Se ele não fosse meu filho, ninguém estaria questionando, exatamente por seu desempenho", concluiu Lawrence em defesa do filho.

Stroll vai, em 2021, disputar sua quinta temporada na F1. Além dos dois pódios citados, ele tem um terceiro, com a Williams, no GP do Azerbaijão de 2017.

Grande Prêmio
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade