PUBLICIDADE

Button se une a Johnson em projeto da Nascar para disputar 24 Horas de Le Mans

Jenson Button é um dos nomes do Garage 56, projeto que vai levar carros da Nascar para as 24 Horas de Le Mans. Além do britânico, Jimmie Johnson e Mike Rockenfeller também estão confirmados

29 jan 2023 - 13h01
Compartilhar
Exibir comentários
Jenson Button vai participar das 24 Horas de Le Mans
Jenson Button vai participar das 24 Horas de Le Mans
Foto: The Sun/Divulgação / Grande Prêmio

O projeto Garage 56, que vai levar carros da Nascar de volta às 24 Horas de Le Mans, confirmou um nome importante para o seu line-up: Jenson Button. O campeão da Fórmula 1 se une a Jimmie Johnson, heptacampeão da classe americana de turismo, e Mike Rockenfeller, vencedor de Le Mans em 2010, para o centenário da mais tradicional prova do endurance, marcada para junho deste ano.

Aos 43 anos, Button já correu na edição de 2018 de Le Mans. O britânico falou do quão especial é a corrida de longa duração. "Sempre me considerei um piloto em busca de novos desafios desde a F1. Estou muito animado em ir para Le Mans e trabalhar com um time de estrelas", ressaltou o veterano, que revelou na sequência que o convite para o projeto partiu de Johnson.

Relacionadas

Alonso destaca energia e motivação da Aston Martin: "Atmosfera muito especial"
Comissão de Ética vê plágio "inequívoco e recorrente" ao GRANDE PRÊMIO e pune jornalistas do Estadão
Do choro de Hamilton ao 'migué' de Wolff. Isso muda na F1 2023? | WGP

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Jimmie Johnson é um dos nomes de peso do projeto Garage 56
Jimmie Johnson é um dos nomes de peso do projeto Garage 56
Foto: IndyCar / Grande Prêmio

"[O acordo surgiu] por meio de Jimmie há algum tempo, perguntei o que ele estaria fazendo em 2023, porque esse cara não consegue ficar parado. Ele me repassou algumas coisas que pretendia fazer e disse: 'Espero levar a Nascar para Le Mans'. Eu fiquei, 'desculpe, como?'", brincou.

"Rocky [Rockenfeller] então me convidou para um teste em Sebring, e foi assim que tudo começou. Prestei atenção em tudo o que eles me passaram e estou ansioso para pilotar o carro", completou.

Johnson contou também que não conseguiu "resistir à oportunidade" após receber o telefonema de Rick Hendrick, proprietário da equipe da Nascar que leva seu nome. "É um grande sonho correr em Le Mans com estes pilotos e esta equipe, é realmente especial. O projeto é levar a Nascar para Le Mans, e todos na França vão gostar de ouvir o rugido desse carro nas retas", salientou.

O americano explicou ainda que o veículo que será levado à pista não é o mesmo que participa do campeonato nos Estados Unidos, e sim uma versão híbrida do modelo Next Gen Chevrolet Camaro ZL1, adaptada para a prova de longa duração.

O projeto foi anunciado pela primeira vez em março do ano passado. Em agosto, o protótipo construído pela equipe Action Express, do IMSA, deu lugar ao carro da Hendrick. Na próxima terça-feira (31), os três pilotos andarão com o veículo na pista de Daytona.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

Grande Prêmio
Compartilhar
Publicidade
Publicidade